Como irrigar uma pequena horta orgânica

Escrito por contributing writer | Traduzido por débora sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como irrigar uma pequena horta orgânica
Aprenda a cuidar adequadamente da sua horta (Martin Poole/Digital Vision/Getty Images)

Atualmente, com o aquecimento global, a elevada radiação solar, a seca e a limitação de água, cuidar da sua própria horta tornou-se extremamente difícil, trabalhoso e dispendioso. Mas se planejar de forma sensata e executar o seu plano de forma diligente, é possível colher algumas das recompensas mais doces e mais atraentes que já existiram. Leia mais para aprender como irrigar uma pequena horta orgânica.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Fonte de água (de preferência um poço)
  • Mangueira de borracha
  • Varinha de rega (90 cm de comprimento)
  • Enxada de jardim
  • Cavadeira articulada
  • Máquina para revolver o solo (com uma extensão de 75 a 90 cm)

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Determine o layout da horta antes de lavrar, para que cada fileira tenha 90 cm de largura, com mais 90 cm entre cada uma. Revolva todo o local várias vezes antes do plantio. Na última etapa, primeiro remexa as passagens entre as fileiras, e só então remexa as fileiras para que fiquem ligeiramente mais altas do que as passagens. Evite pisar nas fileiras a partir de então.

  2. 2

    Planeje a horta de forma que haja uma ligeira inclinação que percorra o seu comprimento, para que as passagens, quando cobertas, sirvam como valas para escoamento, caso ocorra uma tempestade.

  3. 3

    Cave buracos usando a cavadeira articulada com cerca de 15 cm de diâmetro e 30 cm de profundidade para vinhas de tomate e mais rasos ou estreitos para plantas menores. Os buracos devem estar longe o bastante um do outro, para que você tenha espaço suficiente para caminhar ao redor de cada planta e passar entre elas sem esbarrar. Preencha cada buraco com adubo. Espalhe a terra dos buracos ao longo da fileira, o que fará com que ela fique ligeiramente mais elevada do que as passagens. Depois da plantação, haverá um ligeiro rebaixamento nos buracos que manterá a maior parte da água em torno das raízes. Isso não só aumenta a eficiência da rega das plantas, mas também retarda o crescimento de ervas daninhas e capim no resto da horta.

  4. 4

    Cave valas rasas e estreitas entre as fileiras para retirar das passagens a água da horta. Você terá que observar como a água escorre pela horta da próxima vez que chover.

  5. 5

    Capine as fileiras pelo menos uma vez por semana, usando a enxada de jardim (existem muitas ferramentas mais caras destinadas a melhorar esse processo, mas a enxada à moda antiga funciona melhor, basta acostumar a usá-la). Trabalhe com cuidado e suavemente, mas com firmeza, ao redor de cada planta. À medida que quebrar e arejar o solo, forme uma cavidade ao redor do buraco (sendo mais rente quando o clima se tornar mais quente e seco), mas que tenha sempre um espaço suficiente em torno do caule para que a enxada caiba facilmente.

  6. 6

    Quando as plantas medirem de 30 a 60 cm de altura, revolva as passagens entre as fileiras uma última vez para afofar o solo, mas não de forma tão profunda como feito durante o cultivo. Isso contribuirá para que as fileiras se tornem ainda mais distintas. O solo se regenerará muito mais rápido do que pensa.

  7. 7

    Regue todos os dias ou em dias alternados, dependendo da sua rotina. Passe uma mangueira entre as fileiras e caminhe de uma planta para outra, enchendo cada buraco com água até que a cavidade fique quase cheia, caso regue a cada dois dias. Deixe mais raso se regar todos os dias.

Dicas & Advertências

  • Mova-se lentamente e nunca se arrisque com a enxada, para não danificar as plantas. Fique sempre atento ao caule e nunca o perca de vista através da folhagem.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível