×
Loading ...

Como ler gráficos com escala logarítmica

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Gráficos comuns têm a escala numerada em intervalos regulares, enquanto gráficos logarítmicos têm sua escala numerada em intervalos irregulares. A razão para isso é que, enquanto gráficos comuns usam números como 1, 2, 3, 4 e 5, um gráfico logarítmico usa números que são potência de 10, como 10, 100, 1000 e 10.000. Para contribuir ainda mais para a confusão, é utilizada uma notação científica, sendo assim, ao invés de 100, na escala aparecerá 10^2. Porém, a leitura de um gráfico logarítmico não é mais desafiadora que a de um gráfico comum.

Instruções

A leitura de um gráfico logarítmico não é mais desafiadora que a de um gráfico comum (Hemera Technologies/Photos.com/Getty Images)

    Como fazer a leitura

  1. Localize o ponto desejado no eixo X.

    Loading...
  2. Encontre o ponto correspondente no eixo Y. Para isso, desenhe com seu dedo uma linha imaginária partindo do ponto X e subindo no gráfico. Depois, desenhe outra linha imaginária para a esquerda até cruzar o eixo Y. Esse é o ponto em Y que você procura.

  3. Se necessário, converta o número que está em notação científica. Por exemplo, se for 10^2, o número de fato é 1.000.

Loading...

Dicas

  • Embora normalmente o eixo Y esteja em escala logarítmica, tanto o eixo Y quanto o eixo X podem ser transpostos em alguns gráficos, ou seja, a escala logarítmica pode estar no eixo X e não no Y. Você pode verificar qual é qual procurando por potências de 10 nos eixos.

Aviso

  • Ao ler gráficos de escala logarítmica, lembre-se de que você está usando uma escala logarítmica. Um erro bastante comum que os estudantes cometem ao ler gráficos logarítmicos é ver a linha que desenha o gráfico e assumir que trata-se de uma relação linear. Em um gráfico logarítmico isso, normalmente, significa uma relação exponencial.

Referências

Loading ...
Loading ...