Mais
×

Como lidar com a rivalidade entre irmãos adultos

Atualizada February 21, 2017

Espera-se que as crianças pequenas nas famílias briguem umas com as outras, competindo pelo afeto dos pais. Contudo, a rivalidade entre irmãos geralmente não é associada com o comportamento adulto, apesar de ser algo bastante comum. Às vezes, essas rivalidades não se manifestam na vida adulta até a morte dos pais, que traz à tona os problemas de herança. Esse comportamento também pode ser apresentado quando um irmão atinge um status profissional ou pessoal maior do que o outro, que revela, então, sua inveja. Não importa se você é o pai ou um dos irmãos adultos presos nessa rivalidade, é muito importante aprender como lidar com isso.

Instruções

A rivalidade entre irmãos adultos pode ser emocionalmente desgastante e durar muitos anos (Jupiterimages/Creatas/Getty Images)
  1. Realize uma reunião familiar com todos os irmãos e com os pais, se eles ainda estiverem vivos. Essa será uma oportunidade para que os irmãos arejem a cabeça, reexaminem suas maneiras de interagir uns com os outros e, se necessário, encontrem novas maneiras de se comunicar.

  2. Evite as críticas destrutivas e o sarcasmo quando estiver falando com seus irmãos. Escute atenciosamente o que eles estão dizendo e tente entender seus pontos de vista. Não tenha medo de se desculpar se perceber que disse ou fez algo errado. Expresse honestamente como você está se sentindo.

  3. Reconheça que, muitas vezes, a raiz da rivalidade entre irmãos adultos são incidentes e padrões que ocorreram e foram desenvolvidos na infância. Faça um esforço determinado para começar do zero e ver seu irmão de uma nova forma. Deixe o passado trás.

  4. Livre-se de seus antigos padrões de comportamento. Por exemplo, você pode perceber que está constantemente tentando ganhar o amor e o respeito de um irmão mais velho que, talvez, não seja capaz de dá-los a você. Pare de querer o que não pode ter.

  5. Reconheça que os pais podem estabelecer competições inadvertidamente ao comparar um irmão ao outro. Desculpe seus pais por isso e esqueça esses problemas.

  6. Aceite o fato de que as pessoas podem mudar e o fazem. Só porque os irmãos estabeleceram maneiras negativas de interagir um com o outro, não significa que estão condenados a repetir os mesmos erros para sempre. Decida começar a agir de forma diferente imediatamente.

  7. Espere o tempo passar. Um artigo no periódico "Psychology Today" reportou que os estudos mostram que 80% dos irmãos com mais de 60 anos de idade têm relacionamentos próximos e agradáveis uns com os outros. Não perca a esperança.

  8. Considere cortar as relações com um irmão problemático. Se você já tentou todo o possível e o relacionamento ainda é emocionalmente desgastante, pode ser melhor parar de se comunicar com esse irmão e tente não ter mais nada a ver com ele, pelo menos no futuro imediato.

bibliography-icon icon for annotation tool Cite this Article