Como o linho é transformado em fio?

Escrito por cameron delaney | Traduzido por bianca amorim
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como o linho é transformado em fio?
O cultivo do linho leva cerda de 100 dias (hans s: flickr.com)

Outras pessoas estão lendo

Cultivo do linho

As longas fibras usadas para fazer fios de linho vêm do caule da planta do linho. O cultivo das plantas leva cerca de 100 dias da semeadura até a colheita. O vegetal produz flores azuis ou brancas em hastes finas, que crescem de 2 a 4 metros de altura. Plantas de linho com flores azuis produzem a melhor fibra.

Colheita

Assim que a haste torna-se amarelada e as folhas secam, a colheita começa. Qualquer atraso na colheita significa que o linho produzirá uma fibra menos lustrosa. Para preservar a seiva no caule, as máquinas ou trabalhadores puxam toda a planta do chão, e em seguida, amarram as plantas em feixes chamados de beterrabas.

Ondulação e maceração

As plantas em fardos vão para uma instalação de manufatura, onde passam pelo processo de "ondulação", em que máquinas com pentes grossos removem sementes e folhas, e depois as fibras são removidas dos caules, que são embebidos em água, ácidos ou outros produtos químicos para dissolver a casca lenhosa que rodeia as fibras. Este passo, denominado maceração, deve ser feito corretamente, ou a qualidade do fio de linho será afetada. Com a maceração incompleta, as fibras não podem ser separadas intactas do caule, e o excesso leva a fibras apodrecidas ou enfraquecidas. A maceração com água leva de uma a duas semanas, enquanto o método químico requer cerca de 48 horas.

Removendo as fibras

As plantas de linho maceradas são espremidas e secas, e então passadas através dos rolos de uma máquina de quebrar, que esmaga os talos e os agarra em pequenos pedaços chamados de fatias, que vão para uma máquina que utiliza pás para extrair as fibras. Outra máquina então penteia e endireita as fibras, separando as longas das curtas, o passo final antes de fiar.

Fiação

As fibras longas, chamadas de linho ou linho vestido, podem medir de 30 a 50 cm de comprimento, e produzem o fio mais refinado. As fibras curtas, conhecidas como reboque, fazem um fio mais grosseiro. As fibras passam por máquinas que as estendem e organizam as que são do mesmo comprimento em linhas paralelas chamadas mechas. Rolos pressionam as mechas em novelos que se assemelham a cabelo. As mechas vão para o quadro de giro, que retira algumas fibras de cada vez e as torce para transformá-las em um fio forte e inelástico. O fio é enrolado em torno de bobinas ou carretéis.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível