Lista de alimentos ruins para gatos

Escrito por nicole martinez Google | Traduzido por joão melo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Lista de alimentos ruins para gatos
Nem todos os alimentos são seguros para o consumo do gato (juliannafunk/iStock/Getty Images)

Embora os gatos compartilhem algumas semelhanças biológicas com os seres humanos, seus corpos processam alimentos de forma diferente. É tão importante manter os alimentos potencialmente perigosos fora da dieta do animal, quanto garantir que ele esteja ingerindo a quantidade necessária dos nutrientes certos. Muitos alimentos que são seguros, ou até mesmo saudáveis para o consumo humano, são como veneno para um gato.

Bebidas

O fígado de um gato não funciona tão bem quanto o de um ser humano, o resultado é uma menor capacidade de lidar com toxinas, como o álcool. A exposição a longo prazo ou excessiva ao álcool pode causar danos ao fígado ou até mesmo a morte do animal. Café e chá geralmente contêm cafeína, assim como algumas bebidas carbonatadas (refrigerantes). A cafeína pode causar hiperatividade em gatos (assim como nos seres humanos), bem como batimento cardíaco acelerado, tremores musculares e possivelmente convulsões. Os gatos parecem desfrutar de leite, mas não reagem bem aos produtos lácteos, por causa de intolerância à lactose, o que pode causar diarreia. Os pet shops podem vender fórmulas especiais de leite para eles, no entanto.

Frutas e vegetais

Não alimente seus gatos com raízes leguminosas, como cebola, alho ou alho-poró. Esses vegetais contêm uma substância conhecida como N-propil-dissulfureto que pode causar anemia quando ataca as células vermelhas do sangue. Sarah Hartwell explica em seu artigo "Alimentação humana ruim para gatos" que nenhuma forma (cozida, em pó, seca ou cru) desses vegetais é segura para dar a um gato. Ela também adverte que "o envenenamento por cebola pode ocorrer após uma única refeição que contenha uma grande quantidade de cebola em relação ao tamanho do corpo". Plantas da família Solanaceae, como tomates e batatas cruas, podem causar reações gastrintestinais violentas em seu gato. Cozinhar esses vegetais destrói as toxinas em si, mas todas as batatas verdes (subdesenvolvidas) permanecem não seguras para o animal. Uvas e seus derivados, como as passas, podem causar vômitos, diarreia e até mesmo insuficiência renal em um gato. O ASPCA Poison Control Department desaconselha a alimentação com uvas para os felinos.

Outras comidas

O chocolate contém uma substância conhecida como teobromina que pode ser perigosa para gatos (e cães). Hartwell explica que o chocolate causa inicialmente "hiperatividade e sede. Depois de várias horas, pode causar vômitos e diarreia. Isso pode levar a um ataque cardíaco fatal dentro de 24 horas após a ingestão". Evite alimentar o bichinho de estimação com qualquer forma de chocolate (como doces, chocolate amargo e pó de cacau). O consumo excessivo de atum pode expor o seu gato ao mercúrio e uma elevada quantidade de ácidos graxos insaturados. As gorduras podem ocasionar uma condição conhecida como esteatite, que é caracterizada pela inflamação do tecido adiposo (gordura) e a deposição de pigmento de cera entre as camadas de tecido, bem como uma deficiência de vitamina E. Outros tipos de peixes crus podem causar deficiência de tiamina (vitamina B1). Os sintomas da deficiência de tiamina incluem perda de apetite, convulsões e mesmo a morte em alguns casos. Cozinhar o peixe destrói a enzima que causa essa deficiência. Ovos crus ocasionam deficiência da vitamina biotina (vitamina B). Isso prejudica a saúde dos pelos e da pele, e pode afetar o crescimento. Castanhas, como nozes, que contêm quantidades elevadas de fósforo, podem ser perigosas para seus gatos .

Comidas não-humanas

Os gatos podem tentar comer alguns alimentos não-humanos, como comida de cachorro. No entanto, os fabricantes colocam nutrientes nesses alimentos para melhor atender às necessidades nutricionais de um cão e isso pode criar um desequilíbrio metabólico em gatos. Os ossos também são perigosos. Eles podem fazer o animal sufocar ou quebrar dentro de seu corpo e danificar órgãos. Nunca dê qualquer carne que ainda esteja com osso.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível