Métodos para fazer pinturas em vidro

Escrito por joy prescott | Traduzido por pamela oliveira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Métodos para fazer pinturas em vidro
Existem registros de vidro decorado desde 3500 a.C. (Viewstock/Photodisc/Getty Images)

Um tipo de pintura em vidro consiste em fazê-la no verso da chapa de vidro. Para isso, é necessário fazer a pintura na ordem contrária da normal - pintar detalhes primeiro e o fundo depois. Isso significa que você precisará ter muito cuidado ao fazer os detalhes, pois alterá-los implica em danificar todo o resto. Não é apenas o verso de uma chapa plana que você pode usar como tela, mas também utensílios domésticos e decorativos feitos de vidro, tais como castiçais, taças de vinho e pratos.

Outras pessoas estão lendo

Preparação e métodos básicos

Antes de pintar, é necessário escolher a peça a ser trabalhada e, então, a tinta mais adequada para produzir o efeito desejado. Escolhido o tipo de vidro, lave-o com sabão e água quente, seque-o bem, depois limpe-o com álcool para eliminar resíduos de gordura. Não coloque a mão na área enquanto a pinta, já que a oleosidade da sua mão pode interferir na aderência da tinta. Comece a pintar pelos detalhes. Por exemplo, se você quiser fazer uma grinalda, como as de enfeites de Natal, comece pelas frutinhas, deixe secar, e depois pinte a folhagem. Lembre que letras e símbolos devem ser desenhados espelhados, para que pareçam corretos quando o trabalho estiver pronto.

Seleção da tinta

Tintas para vidro podem ser opacas ou transparentes. Se a intenção é que pareça mesmo uma pintura, tintas opacas - normalmente acrílicas - geram cores sólidas que não deixam passar a luz. Para criar um efeito de vidro colorido use tintas transparentes - normalmente à base de resinas - que deixam passar a luz. Marcadores de vidro são ideais, sendo uma boa escolha para crianças e principiantes. Dependendo de como for feito o trabalho, podem ser criados diversos efeitos como fosco, furta-cor e craquelado. Você também pode usar tinta em relevo, para deixar uma aparência inflada, ou um marcador, que dê a impressão de manchas metálicas. Algumas tintas requerem a aplicação de fixadores de cor ou vernizes.

Usando tintas cerâmicas

As tintas cerâmicas são duráveis para pinturas em objetos que precisem de lavagem frequente, como pratos. Se você colocar todas as cores para curar ao mesmo tempo, elas irão se misturar. Para impedir que isso ocorra, é preciso colocar o objeto para curar após cada camada de pintura. Por exemplo, se você estivesse pintando aquela grinalda, você a colocaria para curar uma vez depois de pintar as frutas e novamente após pintar a folhagem.

Usando um estêncil e adesivos

Um estêncil pode acelerar o processo de pintura. Por exemplo, é muito mais fácil fazer letras e símbolos usando um estêncil, que pode ser comprado em lojas de artesanato. Alguns até têm adesivos, para que fiquem no lugar durante o trabalho. Para usar um estêncil simplesmente prenda-o ao vidro do lado visível e pinte-o no lado oposto.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível