Os perigos de desmanchar um carro

Escrito por john willis | Traduzido por erick vasconcelos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os perigos de desmanchar um carro
Reciclar seu carro é ambientalmente responsável, mas apresenta riscos (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Algumas chaves, sensores e mostradores de automóveis contém mercúrio - um químico extremamente perigoso. A gasolina é tóxica e o contato direto dela com a pele pode causar danos à pele. Embora mais perigosa quando evapora, a gasolina pode explodir, então remova o tanque de gasolina vazio antes de usar quaisquer ferramentas de corte perto dele. Carros são cheios de substâncias moderadamente perigosas, embora possam apresentar riscos invisíveis. Quando for remover o líquido de arrefecimento do motor, tenha cuidado para não deixar que crianças ou animais consumam o líquido colorido e doce. Pense no que a remoção do óleo pode causar em seu ambiente de trabalho, tornando o chão ou as demais ferramentas escorregadias.

Outras pessoas estão lendo

Air bags

Um air bag pode salvar sua vida, mas um air bag não utilizado é um risco quando você desmonta seu carro. Air bags podem disparar a qualquer momento e seu trabalho no carro pode te colocar na direção deles. Remova-os e recicle-os, mas não os dispare.

Bateria

Se a bateria do veículo estiver carregada, há riscos de choques elétricos. Embora a possibilidade de choque com uma bateria de carro seja muito baixo em circunstância normais, é fácil cortar fios ou inadvertidamente dar um curto circuito no desmanche do carro. Remova a bateria antes de começar o trabalho de reciclagem do automóvel.

Gravidade

Após remover as substâncias químicas e vapores perigosos, o air bag e a bateria, você deve começar a desmanchar fisicamente o carro. A gravidade é sempre um risco, não importa seu método de trabalho. Considere o que aconteceria se o macaco não suportasse o peso do carro, ou o pneu desabasse, ou se a parte que você acha estar firme repentinamente se soltasse. A familiaridade com o carro pode dar a você uma sensação de segurança falsa, já que novos perigos surgem no desmonte do carro peça a peça.

Cortes

Pode ser mais fácil desmontar o carro se você cortar algumas partes de metal. Você pode usar um cortador a plasma, um disco de corte ou uma tocha de oxiacetileno, mas cada uma dessas ferramentas tem seus próprios riscos. Os cortadores a plasma podem parecer os mais perigosos, mas provavelmente são os mais seguros dos três; é menos provável que causem machucados diretos, além de fazerem cortes mais fáceis que os outros. Se você cortar algo pesado, tenha em mente o que vai acontecer quando ele se soltar: antecipe-se à gravidade. Discos de corte causam vários problemas: eles podem mandar faíscas a 8 metros de distância, além de tenderem a envergar, forçando sua mão numa direção inesperada. Use luvas pesadas de couro, tenha cuidado com extremidades afiadas e preste atenção na direção que a ferramenta te puxa. Tochas apresentam os mesmos riscos que os cortadores a plasma, com o adicional de que se você se queimar com ela ou cair sobre a chama, ela definitivamente vai te machucar, enquanto o cortador a plasma só corta metal (não carne). Fique com os pés firmes no chão e use roupas de proteção. Use uma jaqueta de solda de couro e sempre proteja os olhos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível