Periquitos machos e fêmeas agem diferente?

Escrito por douglas hawk | Traduzido por tamara loebe
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Periquitos machos e fêmeas agem diferente?
Periquitos são aves distintas, com personalidades e características únicas (BananaStock/BananaStock/Getty Images)

Enquanto periquitos machos e fêmeas exibem comportamentos diferentes ao longo do tempo, eles têm muitos traços comportamentais em comum. Proprietários frequentemente relatam personalidades fascinantes e interessantes entre as aves. Alguns periquitos podem, literalmente, morder a mão que os alimenta quando estão com medo, mas em geral eles são aves de boa índole que gostam de brincar e têm uma curiosidade natural notável. Proprietários promovem sua natureza divertida e curiosa proporcionando-lhes brinquedos e alimentos nutritivos.

Outras pessoas estão lendo

Machos cantores

Faz parte do comportamento do periquito macho cantar, e alguns deles demonstram um verdadeiro amor que vai além de seus impulsos instintivos. Periquitos irão cantar para si ou para os seus colegas de gaiola. Os mais velhos ensinam os mais jovens a cantar e à medida que amadurecem, eles muitas vezes criam melodias distintas cheias de trinados e até gritos. Às vezes, um periquito vai usar algum som externo, como um sino, como acompanhamento para melhorar a sua canção.

Canto com um propósito

Os periquitos machos são conhecidos por vangloriar suas proezas para outros machos. No entanto, quando eles cantam para uma mulher, é uma parte do ritual de namoro. Quando um par de periquitos começa se conhecer, o macho canta para sua candidata a companheira, movendo a cabeça para cima e para baixo para lhe fornecer a comida que ele regurgitou.

Periquitos procriando

A reprodução dos periquitos é um comportamento bastante previsível. "Conversando" continuamente com a fêmea, o macho se aproxima dela, batendo o bico e movendo-o para cima e para baixo. Uma fêmea interessada em acasalar abaixa a cabeça e levanta a cauda. O macho então se posiciona acima dela, envolvendo-a em suas asas e, em seguida, começa a esfregar seus órgãos reprodutivos contra os dela. Este ritual de acasalamento é rápido e é repetido várias vezes.

Fêmeas agressivas

Embora periquitos machos e fêmeas sejam normalmente felizes, dóceis e brincalhões, quando uma fêmea está se preparando para construir um ninho e está com os hormônios a flor da pele, elas se tornam extremamente hostis e, por vezes, violentas, especialmente com os outros periquitos do sexo feminino. Proprietários reportam fêmeas atacando e matando outras, especialmente quando elas compartilham uma gaiola pequena. Alguns proprietários com vários periquitos em uma gaiola grande relataram que elas não se tornam violentas se tiverem o seu espaço de nidificação. No entanto, é recomendado separar as fêmeas de outras periquitas durante este período.

Criando os filhotes

As fêmeas depositam entre dois a nove ovos que são incubados por cerca de 18 dias. Após a eclosão dos ovos, os jovens periquitos não têm penas e são cegos. A mãe os alimenta, enquanto o periquito macho alimenta a sua companheira. Quando os filhotes ficam mais velhos, a fêmea vai deixá-los no ninho, ocasionalmente, enquanto os periquitos machos começam a ajudar a alimentá-los. Quando eles estiverem suficientemente nutridos, o macho toma conta do processo de criação e eventualmente os desmama.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível