Como fazer o ponto gobelin no bordado

Escrito por cath savage | Traduzido por carol matos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer o ponto gobelin no bordado
Tela de talagarça usada para fazer bordados (grillage 6 image by Nathalie P from Fotolia.com)

As telas de talagarça, compostas por tramas espaçadas em formato quadricular, podem ser adquiridas em armarinhos em lojas especializadas. Existem vários tipos de pontos de bordado, e as suas denominações diferenciam um pouco. O ponto gobelin, que tem algumas variações próprias, é um clássico que funciona bem para cobrir grandes áreas de tela, de forma rápida. O ponto gobelin constrói um pesponto razoavelmente sólido, e é apropriado para as pessoas que estão iniciando na arte do bordado ou estão na fase intermediária.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Tela de talagarça
  • Agulha para bordar
  • Linha para bordar
  • Tesoura de costura

Lista completaMinimizar

Instruções

    Preparação

  1. 1

    Corte 45 cm de fio com a tesoura, e introduza-o na agulha.

  2. 2

    Para começar o ponto gobelin, segure a tela de talagarça com a sua mão esquerda, e, com a agulha na mão direita, introduza-a em qualquer dos espaços da trama na tela, de trás para frente, deixando um pedaço de cerca de 5 cm de comprimento na parte de trás. Segure a ponta do fio contra a tela com o seu dedo indicador e prenda-o, trazendo seus primeiros três a cinco pontos sobre ela, na parte de trás, à medida em que trabalha os pontos gobelin.

  3. 3

    Complete um ponto gobelin reto, contando dois quadrados, diretamente acima do espaço onde você iniciou, e introduza a agulha no segundo quadrado. Dê uma laçada, da frente para trás, até que o fio esteja firme. O ponto gobelin cobre um quadrado completo da tela. Para fazer o segundo ponto, traga o fio de trás para frente, pelo quadrado, logo à esquerda de onde você iniciou (veja o passo 2); depois, insira o fio dois quadrados diretamente acima, e logo à esquerda da parte superior do primeiro ponto. Continue trabalhando os pontos, da direita para a esquerda, até completar a carreira. Veja as instruções do passo 5 para terminar a carreira e prender o fio.

  4. 4

    Para fazer uma variação do gobelin, chamada ponto de inclinação do gobelin, siga as instruções do passo 2 para começar. Conte dois quadrados para cima a partir do ponto inicial e um quadrado para a direita, depois, introduza a agulha, trabalhando da frente para trás, e forme um ponto que se inclina para uma coluna à direita. Faça o segundo ponto no lado esquerdo do primeiro ponto, trazendo o fio através do quadrado, um pouco à esquerda do seu ponto inicial. Insira o fio dois quadrados acima e um quadrado à direita -- logo ao lado da parte de cima do primeiro ponto. Continue trabalhando até completar a carreira.

  5. 5

    Para finalizar uma carreira, e prender o seu fio, vire a tela e corra a agulha entre os últimos pontos, até que a tela fique segura. Corte o excesso de fio, e comece outra carreira, trabalhando da direita para a esquerda, até preencher a área desejada na tela.

  1. 1

    xxxxxxxxxxxx

  2. 2

    xxxxxxxxxxxx

  3. 3

    xxxxxxxxxxxxx

  4. 4

    xxxxxxxxxxxxx

  5. 5

    xxxxxxxxxxxxxxx

Dicas & Advertências

  • Para fazer bordados, utilize fios que corram livremente pelas tramas quadradas da tela, mas que não sejam muito grossos.
  • Alterne as cores das carreiras de ponto gobelin para criar um efeito listrado.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível