Pontos negativos sobre a barriga de aluguel

Escrito por victoria gregory | Traduzido por lara scheffer
Pontos negativos sobre a barriga de aluguel
A barriga de aluguel pode ajudar casais inférteis a ter um bebê (baby image by Dron from Fotolia.com)

A barriga de aluguel permite que casais inférteis ou incapazes de gerar um bebê tenham um filho. A mãe de aluguel gesta o bebê, seja ele concebido com o esperma e óvulo do casal, usando óvulos e esperma de doadores ou o óvulo da mãe de aluguel e o esperma do pai. Embora essa prática seja, às vezes, a única opção para aqueles incapazes de terem seu próprio filho, ela tem seus problemas.

Problemas da fertilização in-vitro

Se você usar a barriga de aluguel gestacional (em que são usados os óvulos e esperma do casal infértil), será preciso usar a fertilização in-vitro, em que o óvulo é fertilizado e depois implantado na mãe de aluguel. Algumas clínicas não apoiam essa prática, e o processo da fertilização in-vitro pode ser longo e difícil, com baixas taxas de sucesso.

Custos

Uma barriga de aluguel pode custar caro, dependendo dos procedimentos dos tratamentos de fertilidade necessários para que a mãe de aluguel engravide, podendo ser financeiramente inviável para um casal comum.

Legalidade

As leis brasileiras sobre a barriga de aluguel são bem estritas, e o procedimento só pode ser feito caso a mãe de aluguel tenha parentesco de até segundo grau com o casal. Além disso, é proibido por lei que se pague uma mulher para gestar o filho do casal infértil.

Mãe de aluguel

A mãe de aluguel pode acabar emocionalmente apegada à criança e se recusar a entregar a criança. O que ocorre nesses casos vai variar de acordo com a jurisprudência de cada local.

A criança

A situação terá que ser explicada à criança em algum momento de suas vidas. Isso pode ser confuso para os pais, para o filho e para a mãe de aluguel. Em países onde o pagamento para barrigas de aluguel é permitido, o fato da criança ter ou não contato com a mulher que a gestou deve ser negociado antes do procedimento, pois algumas barrigas de aluguel preferem continuar na vida da criança, enquanto outras querem ficar no anonimato.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível