É possível utilizar uma lâmpada LED em um circuito com dimmer?

Escrito por ben joseph | Traduzido por allan magalhães
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
É possível utilizar uma lâmpada LED em um circuito com dimmer?
As lâmpadas LED não possuem uma alteração de brilho tão suave quando as lâmpadas incandescentes em um circuito com dimmer (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Lâmpadas LED podem ser colocadas em um circuito com dimmer, mas elas não terão uma alteração de brilho tão suave como ocorre com as lâmpadas incandescentes. Essas últimas podem ter a iluminação reduzida até o ponto de quase não emitirem luz, mas as lâmpadas LED podem ter o brilho reduzido apenas dentro de uma determinada faixa. Depois que a voltagem é reduzida para menos de 1,5 volts, as lâmpadas LED ficam completamente escuras.

Outras pessoas estão lendo

Ajuste da voltagem

O brilho das luzes LED é determinado pela corrente fornecida a elas, que por sua vez, é determinada pela voltagem da fonte de eletricidade. Uma lâmpada incandescente em um circuito com dimmer irá aumentar o brilho lentamente até atingir todo o potencial de brilho. Uma lâmpada LED ficará apagada até que a voltagem fornecida seja de pelo menos 1,5 volts, fazendo com que elas atinjam brilho médio imediatamente. Depois desse ponto, ela se comportará de maneira semelhante às lâmpadas incandescentes.

Na maioria dos interruptores com dimmers, será necessário girar o seletor até cerca da metade antes que o LED seja aceso. Também é possível encontrar interruptores feitos para LEDs, nos quais a voltagem inicial é de 1,5 volts.

Os LEDs podem ser danificados ao receberem voltagem excessiva. A maioria dos dimmers não possuem aumento de voltagem suficiente para que isso ocorra, mas alguns deles possuem. A voltagem máxima que um LED pode receber varia de acordo com cada um. Esse valor está presente nas embalagens.

Modulação por largura de pulso

Uma maneira alternativa de controlar o brilho das luzes é a modulação por largura de pulso. Ao invés de reduzir o brilho da luz, ela é ligada e desligada rapidamente, criando a ilusão de diferentes níveis de brilho. Para maiores brilhos, o tempo no qual a luz permanece desligada é menor; para obter menos brilho, o tempo que ela permanece desligada é maior. As luzes ligam e desligam rápido o suficiente para que os olhos não consigam perceber que elas estão piscando.

A modulação por largura de pulso é adequada para as luzes LED porque elas podem ser ligadas instantaneamente, diferente de luzes como as fluorescentes, que precisam de um tempo de aquecimento. Esse método também resolve o problema que os LEDs apresentam por passarem do estado completamente escuro diretamente ao nível de brilho médio, permitindo que uma luz muito fraca seja emulada.

A maioria dos circuitos com dimmer domésticos utilizam o método de ajuste de voltagem. Caso queira usar o método da modulação para ajustar o brilho de lâmpadas LED, será necessário instalar um novo circuito de dimmer com esse método. É possível comprá-los em lojas de artigos eletrônicos e outros materiais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível