Como prevenir uma infestação de caramujos em um aquário

Escrito por ehow contributor | Traduzido por márcia burke
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como prevenir uma infestação de caramujos em um aquário
Previna a infestação de caramujos em um aquário (Photo by Ruby Bayan)

Aquários podem ficar seriamente comprometidos por infestação de caramujos. Alguns entusiastas os apreciam em seus tanques, mas muitos os consideram como intrusos e pragas. Felizmente, a prevenção e eliminação da superpopulação de caramujos é possível. Aqui estão algumas dicas e sugestões.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Folhas de alfaçe
  • Peixes que alimentam-se de caramujos

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Entenda que os caramujos não são sempre maléficos, porque eles ajudam a reduzir as algas das paredes do aquário e da decoração, além de contribuir para a estabilização e a ecologia do tanque. Eles tornam-se invasivos quando superpopulam o ambiente, pois podem transmitir doenças, afetar o equilíbrio da água e, finalmente, tornarem-se uma monstruosidade.

  2. 2

    Coloque uma ou duas folhas de alface no aquário antes de desligar as luzes durante a noite. Os caracóis terão um banquete. Quando amanhecer, retire as folhas com os caramujos anexados. Repita conforme necessário.

  3. 3

    Adicione peixes que se alimentem de caramujos ao aquário, para ajudar a controlar a infestação. Se tiver um aquário comunitário de bom tamanho, é possível adicionar um pequeno da espécie cadoz, como o palhaço. Eles apreciam alimentar-se de invertebrados e procurarão no substrato os ovos e os jovens. Dependendo do tipo de comunidade de peixes que tiver, considere manter ciclídeos, como o peixe-anjo, que terão prazer em ter caramujos para o jantar.

  4. 4

    Faça a prevenção ao invés do reparo. Certifique-se de não introduzir caramujos no tanque. Lave bem todas as plantas aquáticas antes de introduzi-las no aquário. Passe gentilmente os dedos ao longo das folhas e caules para garantir que não haja caramujos ou ovos anexados. Estes serão parecidos com tufos de gel transparentes ou translúcidos. Eles são fáceis de retirar.

  5. 5

    Fique atento com aquários, plantas e substrato usados. Sempre lave e seque as peças adquiridas dessa forma. Caramujos e ovos sobreviverão em um ambiente úmido. Por esse motivo, deixe que a areia, cascalho e outros substratos usados sequem completamente, de preferência em um forno ou sob o sol, para eliminar possíveis infecções.

Dicas & Advertências

  • Caramujos multiplicam-se rapidamente quando existe uma abundância de alimentos no aquário. Eles se alimentam de comida não consumida pelos peixes. Uma forma de controlá-los, é colocar a quantidade exata de alimentos necessários ou remover conscientemente os restos poucos minutos após a alimentação.
  • Se os seus peixes forem onívoros, poderão alimentar-se dos caramujos. Quando vir um caracol subindo a parede do aquário, esmague-o com um lápis ou um pauzinho e deixe os peixes comerem.
  • Não esmague os caramujos com o dedo, pois a casca pode cortar sua pele e gerar uma infecção.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível