Mais
×

Como procriar peixes-papagaio

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Peixes-papagaio são peixes tropicais ciclídeos que resultaram de vários cruzamentos de ciclídeos na década de 80. Eles têm se tornado muito comuns no comércio de animais de estimação e são conhecidos pelo corpo arredondado e pela coloração vermelha. Os machos costumam ser inférteis, o que faz com que a procriação seja quase impossível. No entanto, estes peixes estão sendo procriados com sucesso e de forma mais efetiva em aquários residenciais, devido ao esforço que vem sendo empregado. A procriação destes peixes será relativamente fácil se houver um macho fértil, mas pode ser necessário fazer várias tentativas com muitos machos diferentes até que ocorra uma procriação bem-sucedida.

Instruções

Peixe-papagaio (BananaStock/BananaStock/Getty Images)
  1. Monte um tanque de criação para os ciclídeos. O tanque deve conter 115 L de água filtrada e sem cloro e uma camada de 5 cm de cascalho no fundo, além de estar aquecido entre 24º C e 28º C. Coloque o vaso de plantas no fundo do aquário para que a fêmea coloque seus ovos nele.

  2. Coloque o casal de peixes no tanque. Esta espécie expressa pouco interesse sexual e dificilmente ocorre a copulação. Machos têm barbatanas pontiagudas e podem ser maiores do que as fêmeas da mesma idade. Considere levar o peixe a um criador para determinar o sexo de forma adequada.

  3. Espere o peixe desovar. Eles se esfregarão um no outro no momento da copulação. Este processo pode demorar várias semanas. A fêmea botará os ovos no topo do vaso, simulando uma caverna embaixo d'água.

  4. Espere uma semana até os ovos eclodirem e observe atentamente. Se eles começarem a esbranquiçar ou desenvolver fungos, isto significa que são inférteis e talvez os peixes adultos os comam. Neste caso, você terá de esperar que eles tentem de novo. Se os ovos continuarem inférteis por mais três tentativas, mude o macho e continue o processo até conseguir ovos férteis, que eclodirão entre três e sete dias.

  5. Encha o aquário menor com água sem cloro para manter os filhotes. Este aquário não precisa de decoração nem de cascalho.

  6. Conecte uma ponta do tubo de ar na saída da bomba de ar e a outra ponta na pedra de ar. Coloque a pedra de ar no aquário dos filhotes com a bomba de ar ativada para arejar a água.

  7. Transfira os recém-nascidos para o aquário com a rede de náilon. Provavelmente, os pais não atacarão os filhotes, mas usar um aquário diferente garantirá a segurança deles.

  8. Alimente-os com comida para filhotes por algumas semanas, até que estejam grandes o bastante para aceitarem a comida normal. Remova possíveis peixes mortos para evitar uma grande concentração de amônia. Coloque-os em aquários maiores quando atingirem 1,5 cm. Eles atingirão a idade fértil quando tiverem entre 5 e 7 cm de comprimento.

Dicas

  • Substitua o macho por qualquer outro tipo de ciclídeo se não conseguir ovos férteis. A fêmea pode cruzar com outros tipos de ciclídeos sem problema algum, e ainda pode acabar gerando alguns peixes-papagaio.

Aviso

  • Não coloque o casal junto a outros peixes quando estiver tentando procriar. Os peixes-papagaio convivem harmoniosamente com outros tipos de peixes, mas deixar os dois sozinhos pode ajudar na procriação.
  • Não use filtro no aquário dos filhotes. O filtro pode sugá-los e acabar matando-os. Ao invés do filtro, use uma pedra de ar, e troque em torno de 1/4 da água a cada dois dias para mantê-la livre de impurezas.

O que você precisa

  • Um casal de peixes-papagaio
  • Aquário com capacidade de 115 litros
  • Cascalho
  • Filtro de aquário
  • Anticloro
  • Aquecedor de aquário
  • Vaso de plantas de cerâmica
  • Aquário com capacidade de 40 litros
  • Bomba de ar
  • Tubulação de ar
  • Pedra de ar
  • Comida para filhotes
  • Rede de náilon
bibliography-icon icon for annotation tool Cite this Article