Mais
×

Como fazer o seu próprio mangá

Atualizado em 17 abril, 2017

Criar um mangá é uma tarefa que requer tempo, persistência e paciência. O mercado do mangá no Japão é enorme, o valor de indústria chegava a R$ 400 milhões em 2006. Você pode aprender a criar seu mangá do conceito aos traços finais.

Instruções

Estude o estilo mangá antes de criar a sua revista (books image by ana malin from Fotolia.com)

    Mangá: crie sua própria revista

  1. Leia um mangá como "Alita: Battle Angel" ou "The Guiver" e compare suas histórias e personagens com algo mais bobo, como "The Dirty Pair".

  2. Decida sobre o que seu mangá será; a chave para um bom mangá é o "exagero".

  3. Escreva um parágrafo sobre a história, do começo ao fim, mas deixe de fora os detalhes e os personagens.

  4. Reduza o parágrafo a uma frase que descreva o mangá para ter uma ideia do nome que dará.

  5. Trabalhe nos personagens para desenvolver sua história. Determine seus valores, interesses, amores, ódios, amigos, inimigos, poderes ou talentos e um passado. Escreva um perfil de cada um dos personagens, como se estivesse descrevendo o personagem para um amigo. Isso irá ajudar a desenvolver uma voz à medida que você escreve seu próprio mangá.

  6. Decida quanto do passado ou do enredo você quer expor aos leitores do mangá. Tente seduzi-los com dicas sobre o enredo, mas embale seu mangá com muita ação.

  7. Quebre sua história em seções. Decida em que ponto você quer contar aos seus leitores alguma coisa ou, se você quer introduzir um personagem, em que cena e circunstâncias são necessárias.

  8. Crie um quadro da história para colocar as seções em sequência de eventos e crie pontos nas histórias para os desenhos serem colocados. Comece com notas de onde você quer que seus personagens estejam e o que eles devem estar fazendo para ajudar a criar as cenas.

  9. Compre livros para aprender como desenhar o popular estilo mangá ou contrate alguém para desenhar a você. Crie uma parceria com um colega ou um amigo para ajudar.

  10. Esboce seus personagens em ação.

  11. Crie os traços finais, que são a combinação de escritas e esboços prontos para conversão.

  12. Converta os traços finais em linhas de desenho.

Dicas

  • Se o seu mangá será sobre um personagem particular que é a parte principal (primeira perspectiva), compre um diário e escreva coisas falsas como o seu personagem. Você ficará surpreso do que sua mente é capaz de fazer quando você usa o método do diário; isso tornará seu mangá mais crível.
  • Amor é o enredo mais fácil, e as pessoas gostam de ler sobre isso. Traição é outra peça fundamental em um mangá.
  • Com mangá, você pode escrever algo mais bobo ou mais sério (ou uma combinação dos dois) conforme desejar ou achar necessário.
  • Os desenhos podem ser importados para programas, nos quais as imagens e o texto podem ser movidos e colocados em uma sequência. Você mesmo pode, então, publicar os mangás imprimindo o arquivo em formato PDF.
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article