Mais
×

Como proprocionar uma boa drenagem para plantas em vasos

Atualizado em 17 abril, 2017

Plantas em vasos exigem uma atenção especial para terem uma drenagem apropriada, mas alguma etapas simples podem resolver essa questão, garantindo plantas mais saudáveis. Carol Savonen, da Extensão Cooperativa da Universidade de Oregon, explica que todas as plantas -- em vasos ou não -- "precisam de uma boa drenagem para um sistema de raízes saudável." Como a Universidade de Illinois observa, "raízes saudáveis significam plantas mais saudáveis." Plantas diferentes possuem exigências de água e drenagem diferentes, mas, em geral, uma drenagem efetiva para plantas em vasos depende de uma adubagem correta no recipiente correto.

Instruções

A drenagem adequada é crucial para plantas em vasos (flower in the pot image by AGphotographer from Fotolia.com)
  1. Selecione um vaso com um buraco (ou vários) no fundo. Vasos de terracota ou cerâmica são melhores para a drenagem, pois são porosos. Essa qualidade, no entanto, significa que eles precisarão ser regados mais frequentemente. Se você escolher um vaso plástico não poroso sem buracos de drenagem, crie vários buracos no fundo com uma furadeira caseira.

    Buracos permitem que a água seja drenada de vasos (pots image by Jacques PALUT from Fotolia.com)
  2. Coloque cacos de vaso quebrado sobre os buracos no fundo para prevenir que o solo vaze. Alguns jardineiros preferem usar pequenas pedras ou pedaços de tela para esse propósito.

    Cacos de vaso quebrado são a maneira perfeita de prevenir que a terra saia para fora do vaso (pottery shards image by freebie123 from Fotolia.com)
  3. Adicione grânulos de polímero à sua mistura de terra. Disponíveis na maioria de centros de jardinagens e lojas de materiais de construção, esses grânulos absorvem água e liberam-na lentamente para o solo. Siga as instruções do pacote para determinar a quantidade correta para seu tipo específico de vaso e variedade de planta.

    Grânulos de polímeros ajudam a liberar a água lentamente de volta para o solo (arrosoir et pots de jardin image by rachid amrous-spleen from Fotolia.com)
  4. Encha o recipiente com terra solta. Não aperte a terra firmemente.

    A terra para jardinagem fornece nutrientes e apoio para a planta no vaso (empty planting pots image by askthegeek from Fotolia.com)
  5. Coloque a planta na mistura de modo que o solo cubra a parte da raiz e arrume a terra suavemente em volta dela. Novamente, não aperte o solo com muita força.

  6. Coloque a planta em um pires. Retire o excesso de água do pires regularmente. Para as plantas que exigem condições especialmente úmidas, encha o pires com cascalho e regue-o diretamente.

    Um pires embaixo de uma planta em um vaso segurará o excesso de água (cactus image by ANGEL MANUEL FERNÁNDEZ from Fotolia.com)

Dicas

  • Especialistas em jardinagem não concordam com relação à prática popular de colocar cascalho ou carvão no fundo ou no pires da planta. A Universidade de Illinois explica que essa prática resulta em apenas uma camada de terra mais rasa, fazendo com que a água se acumule ainda mais dentro do vaso, sobre o cascalho. Se estiver usando um vaso muito grande ou profundo, no entanto, escolha preencher uma parte do vaso com cascalho ou isopor para deixá-lo mais leve.
  • Ao colocar plantas em vasos, sempre considere as necessidades específicas da planta. Violetas africanas e cactos, por exemplo, têm necessidades de água especiais e muito diferentes. Mais areia adicionada ao solo do vaso resultará em uma drenagem mais rápida, enquanto a adição de composto resultará em uma drenagem mais lenta.
  • Se você tiver um vaso que não tenha buracos de drenagem, tente colocar a planta em dois vasos. Escolha um vaso bem drenado, pequeno o bastante para caber dentro do recipiente decorativo. Coloque um nível de cascalho no fundo do vaso maior e coloque a planta com o outro vaso dentro.

O que você precisa

  • Vaso para planta
  • Cacos de vaso quebrado
  • Adubo
  • Grânulos de polímero
  • Pires
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article