Como salvar uma planta Zamioculcas

Escrito por d.c. winston | Traduzido por ana carolina fernandes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como salvar uma planta Zamioculcas
Zamioculcas (Andreas Hammerschmidt)

A Zamioculcas é uma planta tropical perene de manutenção extremamente baixa. Livre de pragas reais, esta planta prospera tanto em ambientes externos com sombra e luz indireta ou dentro de casa com pouca luz. Os requisitos para uma Zamioculcas saudável são poucos. Porém, se sua planta estiver sofrendo ou morrendo, isto pode ser facilmente remediado caso a planta esteja em condições muito ruins. Você precisa evitar sol direto e o embaraçamento da raiz. Garanta solos saudáveis e bem drenados para que a planta não fique no solo úmido, o que causa o amarelamento e queda das folhas, além do apodrecimento das raízes.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Água
  • Composto orgânico de qualidade e areia
  • Vaso raso com pelo menos o dobro do tamanho do torrão da planta
  • Vaso ou solo com boa drenagem
  • Tesouras de podar limpas e afiadas
  • Espátula ou pá
  • Fertilizante geral solúvel em água

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Inspecione a planta com cuidado e corte suas folhas e caules danificados ou doentes utilizando tesouras de podar. Corte os caules até a base da planta, se necessário. Descarte esses cortes no lixo e não em pilhas de compostagem, para evitar a propagação da doença.

  2. 2

    Retire a planta suavemente do vaso. Solte as raízes de modo que não fiquem enroladas à base e possam crescer para fora. Retire todo o solo velho do torrão e reserve por alguns instantes.

  3. 3

    Misture uma porção de solo fresco e bem drenado, três partes de composto orgânico de qualidade e uma parte de areia para aumentar a capacidade de drenagem. Encha parcialmente um vaso raso e com furos com a nova mistura do solo. Para plantações ao ar livre, insira alguns quilos de areia no solo com uma pá ou espátula.

  4. 4

    Coloque a planta no novo vaso espalhando suavemente as raízes ao longo do solo. Certifique-se que o nível do solo permanece consistente nas hastes da planta. Preencha o espaço em torno das raízes com terra, pressionando suavemente com a palma da mão para compactar. Molhe bem até que fique bastante úmida, mas não encharcada.

  5. 5

    Regue sua planta quando ela estiver seca, por volta de 2,5 cm solo adentro. O excesso de água é mais prejudicial para a Zamioculca que as condições ligeiramente secas.

  6. 6

    Fertilize sua Zamioculca uma vez por ano com um bom fertilizante solúvel em água, na forma líquida ou em cápsulas de liberação lenta, como o Osmocote.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível