A psicologia por trás do estresse de Natal

Escrito por nick redfern Google | Traduzido por ronaldo moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail

Uma dor de cabeça para as férias

 A psicologia por trás do estresse de Natal
Quando o Natal não é feliz (Getty Premium Images)

"Feliz, feliz Natal, algo que pode levar-nos de volta para os sonhos de nossos tempos de infância. Velho homem, lembre-se dos prazeres de sua juventude, seu lar tranquilo com lareira".

— Charles Dickens, autor

Éuma época do ano, talvez mais do que qualquer outra, quando todos nós devemos estar comemorando, rindo, brincando e curtindo um grande momento festivo. Mas, para muitos, Natal não é tudo isso. Na verdade, é um feriado infernal, uma época dominada pelo estresse, enxaquecas, vozes levantadas, discussões face a face e lágrimas. E não lágrimas de alegria, temos que acrescentar. Mas o Natal não precisa ser assim. Aqui vão algumas dicas fáceis de seguir que irão garantir que o seu Natal seja apenas como deve ser: uma diversão e um evento cheio de alegria para a família e amigos. Quando se trata de estresse de festas, o problema está todo na mente. Acredite!

Planejamento com antecedência

 A psicologia por trás do estresse de Natal
Algo para ser pensado (Getty Premium Images)

Não há nenhum grande segredo para tornar o Natal livre de estresse. Pelo contrário, é simplesmente o caso de ter muito bom-senso e planejamento com antecedência. Claro que, nessa época do ano, com todos os outros correndo dentro e fora das lojas como galinhas sem cabeça, é difícil não fazer o mesmo. Mas, se puder escapar à tentação de fazer o mesmo, então há esperança no horizonte! Vamos começar com duas das maiores coisas que a maioria de nós relaxa enquanto procuramos pelas luzinhas de Natal, tentando colocar a árvore de Natal em pé, assistindo ao filme de James Bond: comer e beber.

Se a sua família é composta por marido, esposa e um ou dois filhos, realmente pode não ser a melhor ideia que já teve convidar sogros, irmãos, irmãs, tias, tios e avós para um almoço de Natal. E, principalmente se não está acostumada a cozinhar para quase um exército. Assim, há duas opções disponíveis: ter um Natal tranquilo com sua família direta (em outras palavras, relativamente pequeno), onde cozinhar não exige que você faça telefonemas desesperados pedindo ajuda de grandes cozinheiros. Ou pode dedicar o seu tempo e -- alguns meses antes -- para uma dúzia de parentes com fome que invadem sua casa, como algo que você provavelmente veria em The Walking Dead -- e lidar com o que realmente significa cozinhar para muitas pessoas em um dia. Se simplesmente não há espaço no forno para colocar um peru enorme o suficiente para alimentar tantas pessoas, bem, não se desespere. Em vez disso, respire fundo e misture as coisas, preparando um presunto frio para quem não deseja comer peru enfim. É o mesmo com a sobremesa. Para evitar o constrangimento de não conseguir panetones o suficiente, compre uma seleção de pudins, bolos, tortas e bolos deliciosos. E se não forem caseiros? Não há nada de errado em ter outra pessoa para fazer o trabalho duro para você. Quanto a bebida, em vez de pensar cuidadosamente, pense simplesmente: é Natal! Eles vão beber de tudo!

Planejando os presentes

 A psicologia por trás do estresse de Natal
Conseguindo os presentes (Dylan Ellis/Digital Vision/Getty Images)

Todos nós, de uma forma ou de outra, fomos crianças. E todos nós -- também em um momento ou outro, sem dúvida, fizemos altas exigências para nossos pais sobre por que queríamos isso ou aquilo no Natal, só para mudar de opinião no dia seguinte, quando a bicicleta mais legal, o jogo de computador mais recente ou o brinquedo futurista aparecer nos comerciais da TV. Para mamãe e papai não é muito divertido, no último minuto, terem suas cabeças girando ao tentar descobrir o que dar aos pirralhos no grande dia. Mas, isso pode muito fácil! Mais uma vez, tudo começa com uma respiração profunda.

Não há nada de errado ao estabelecer uma regra conforme o dia de Natal se aproxima e também não há nada de errado em dizer as crianças que quando elas escrevem suas cartas ao "Querido Papai Noel", devem fazer da maneira correta. Porque quando o bom-velhinho em suas roupas vermelho e branco receber suas cartinhas, elas não poderão trocar o que haviam pedido. E certifique-se de que essas cartas cheguem em suas mãos com antecedência. Nas mãos do Papai Noel, queremos dizer. Com meses de antecedência. A menos que, ou seja, você queira encontrar-se em um combate corpo a corpo com a mãe ou pai de alguém nos minutos finais da véspera de Natal, conforme luta para ter o último iPad na prateleira que seu filho ou sobrinho decidiu que queria apenas algumas horas antes. Esse é o tipo de estresse de que pode-se definitivamente pode escapar.

Reserve um tempo para você

Nesse dia e nessa época, não há nenhuma razão por que, quando o Natal chega, tudo deva cair sobre os ombros de uma pessoa sozinha. Você sabe: a mamãe cozinha o peru, legumes, batatas e certifica-se de que tudo esteja funcionando perfeitamente, enquanto papai acena para o discurso da rainha com um copo de cerveja na mão. Em um dia que pode ir muito bem ou muito mau, uma das maiores chaves para o sucesso é garantir que você delegue tarefas. OK, então a família pode não querer ouvi-lo, mas se todo mundo quiser um dia sem estresse, então todos têm que dar uma ajudinha.

Se conseguir convencer a sua família de que se envolver e fazer algo de útil é uma coisa positiva -- mesmo se for apenas mexer o molho, tirar o novo ratinho de brinquedo do gato das mandíbulas ciumentas do cão ou certificar-se de que o copo de licor da vovó esteja sempre cheio -- então você está no caminho certo. E, vamos enfrentar a situação, se puder manter as coisas leves e alegres e todos em conjunto, pode realmente ter sucesso ao lidar com crianças geralmente mal-humoradas e obcecadas por telas de celulares. Afinal, não é assim que deve ser o Natal? Paz, amor, boa vontade e tudo o que? Sim! Portanto, lembre-se: o velho ditado de nadar e morrer na praia não é sempre correto. Na verdade, muitas mãos nesse Natal farão de você uma alma muito menos estressada!

Dicas & Advertências

  • Reserve um tempo para você, no Natal. Delegue e não tente fazer tudo sozinha. Planeje o grande dia com antecedência. Compre os presentes bem antes. Pense com cuidado sobre o que vai cozinhar e para quantas pessoas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível