Quais navegadores possuem opção de navegação privada ou de não rastreabilidade?

Escrito por micah mcdunnigan | Traduzido por fernanda de assis
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais navegadores possuem opção de navegação privada ou de não rastreabilidade?
Muitos serviços gratuitos vendem informações de rastreamento para marqueteiros para obter fundos para seu funcionamento (Comstock/Comstock/Getty Images)

O motivo pelo qual diversos anúncios de produtos vistos online recentemente aparecem em sua página é o rastreamento do histórico de navegação feito pelos anunciantes. Graças a serviços online que instalam 'cookies' em seu navegador e rastreiam os sites que você visita, anunciantes online podem mostrar anúncios de produtos que já sabem ser de seu interesse. Pode-se impedir que esse tipo de serviço de rastreamento mantenha controle sobre seus hábitos de navegação usando sessões de navegação privada, recursos anti rastreamento de navegadores como o Safari e o Internet Explorer ou plugins que podem ser instalados em outros navegadores, como o Firefox ou o Chrome.

Outras pessoas estão lendo

As limitações da navegação privada

Firefox, Internet Explorer, Safari e Chrome possuem suporte integrado para navegação privada. Esse recurso não impede que o usuário seja rastreado, mas cria uma nova sessão, com um novo histórico e novos arquivos cookies. Quando a sessão é encerrada, o navegador apaga todos os cookies e o histórico de navegação. Enquanto você está na sessão de navegação privada, no entanto, os anunciantes ainda estão mandando cookies para seu navegador e rastreando-o de um site a outro através do conteúdo desses arquivos. Como o navegador apaga esses cookies ao final da sessão privada, os dados de rastreamento obtidos não se conectam a dados de suas sessões normais, permanecendo apenas nos bancos de dados das empresas de rastreamento.

Firefox

O navegador da Mozilla, Firefox, possui suporte integrado para navegação privada e recursos de privacidade que pedem que empresas não rastreiem a navegação. Para iniciar uma sessão de navegação privada no Firefox, clique em "Ferramentas" e selecione a opção "Iniciar navegação privativa" no final do menu (na versão mais atual do Firefox, apenas clique no botão "Firefox", no canto superior esquerdo da janela, e selecione a mesma opção). Na janela de preferências do Firefox existe uma opção chamada "Dizer aos sites que não quero ser rastreado", dentro da aba "Privacidade". Se essa opção for selecionada, o Firefox irá sinalizar aos sites visitados que você requisitou não receber cookies de empresas de rastreamento. No entanto, esse recurso não impede que sites instalem cookies de rastreamento automaticamente em seu computador. Se os rastreadores no site obedecerem à política de não rastrear pessoas que explicitamente solicitaram que isso não fosse feito, então o site deve atender à solicitação. Não existe obrigação legal de que os sites honrem esse pedido e a opção não cria nenhuma barreira técnica contra cookies de rastreamento.

Safari

O navegador da Apple, o Safari, possui uma opção de navegação privativa e um recurso que impede os sites visitados de usar serviços de rastreamento de terceiros em seu navegador. Inicie sessões de navegação privadas clicando no ícone de engrenagem e selecionando a opção "Navegação Privativa" do menu. Se quiser que o Safari bloqueie cookies de terceiros, volte ao menu e selecione "Preferências". Na aba "Privacidade", à direita do rótulo "Bloquear cookies", certifique-se que a opção "de terceiros e anunciantes" esteja selecionada.

Internet Explorer

O Internet Explorer 9 possui um recurso de navegação privada chamado "Navegação InPrivate", igual aos recursos de navegação privativa de outros navegadores. Além disso, apresenta proteção contra rastreamento que previne que servidores que estejam na lista de "Proteção contra Rastreamento", ou PCR, instalem cookies em seu navegador. Para iniciar a navegação privada, basta selecionar a opção "Navegação InPrivate" na seção "Segurança" do menu principal do Internet Explorer. O navegador não tem nenhum PCR padrão, então, é necessário instalar um caso não queira usar o recurso do Explorer. Para instalar PCRs, vá ao mesmo menu que contém o item "Navegação InPrivate" e selecione a opção "Proteção contra Rastreamento". Na janela que aparece, selecione "Obter uma Lista de Proteção contra Rastreamento online..." para visualizar uma lista de PCRs. Uma lista de PCRs será exibida, das quais pode-se selecionar qualquer uma ao Internet Explorer, clicando no botão "Incluir" ao lado da descrição. Essa seleção fará com que o Internet Explorer automaticamente bloqueie cookies de qualquer servidor das listas adicionadas.

Chrome

O Chrome, navegador da Google, possui um recurso chamado "Modo Anônimo", similar aos recursos de navegação privativa de outros navegadores, mas sem recursos integrados para bloquear apenas cookies de anunciantes. Pode-se entrar no modo anônimo clicando no ícone com forma de chave de fenda ao lado da barra de endereço e selecionando "Nova janela anônima". Se abrirá uma nova janela do Chrome em que pode-se realizar uma sessão de navegação privada.

Complementos de proteção contra rastreamento

Se desejar proteção contra rastreamento em navegadores que não possuem recursos integrado para impedir cookies de rastreadores, como o Firefox e o Chrome, ou complementar as proteções que o Internet Explorer e o Safari já têm, instale um dos muitos complementos de terceiros que identificam e bloqueiam cookies de servidores de rastreio conhecidos. Usuários de qualquer um desses navegadores podem instalar o "Ghostery" ou o "Do Not Track Plus". Ambos estes complementos alertam sobre servidores tentando colocar cookies em sua máquina. Pode-se então bloquear permanentemente esses servidores ou permitir que servidores individuais continuem a rastreá-lo. Se você usa o Firefox ou o Chrome, pode instalar o "Addblock Plus" e adicionar uma assinatura à lista de filtros do Adblock, a "EasyList".

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível