Conhecimento

Quais são os perigos da limpeza de altos fornos?

Escrito por michael davidson | Traduzido por pedro henrique braga
Quais são os perigos da limpeza de altos fornos?

Atente aos perigos na limpeza de altos fornos

Photos.com/Photos.com/Getty Images

Altos-fornos são grandes estruturas revestidas com tijolos refratários que são usados para o processamento de ferro. Frequentemente produzem mais de 8.000 toneladas de ferro líquido por dia. Os óxidos de ferro são inseridos no topo do forno, são então aquecidos por meio de ar quente introduzido sob alta pressão na parte inferior da fornalha. Devido aos processos de altas temperaturas e produtos químicos que ocorrem durante a operação do alto-forno, limpá-los é uma tarefa perigosa caso os procedimentos de segurança adequados não sejam seguidos.

Outras pessoas estão lendo

Explosão

Não deverá haver nenhum risco de explosão enquanto o forno estiver inteiramente desligamento, porém o arrefecimento do metal fundido durante a operação normal e durante o processo de desligamento para preparação para a limpeza trazem possíveis riscos. Como a adição de água ao ferro para arrefecê-lo, existe o risco de que o vapor do ferro fique preso sob uma crosta de minério endurecido que se forma próximo ao topo. A pressão então continua a crescer até que a crosta se rompa. Nesse ponto, o vapor entrar em erupção explosivamente e o ferro fundido é soprado para o exterior, como resultado.

Inalação de monóxido de carbono

O gás monóxido de carbono é um efeito colateral comum das reações de combustão, especialmente se os combustíveis não forem queimados com a máxima eficiência. O monóxido de carbono pode acumular-se no interior do alto-forno e deve ser ventilado antes de qualquer trabalhador entrar nas proximidades. O monóxido de carbono não tem odor e sua exposição leva a tonturas, desmaios e potenciais danos cerebrais ou até a morte, dentro de alguns minutos de exposição elevada. Detectores de monóxido de carbono são uma ferramenta de segurança vital para as instalações de altos-fornos e os níveis de monóxido de carbono devem ser testados antes de iniciar um processo de limpeza.

Exposição ao chumbo

O chumbo é um subproduto do processo de altos-fornos e que é altamente tóxico. Partículas de chumbo podem ser inaladas pelos trabalhadores durante a limpeza, e sua acumulação ao longo do tempo conduzem a potenciais terríveis e paralisia. Os trabalhadores podem também desenvolver uma linha azul em suas gengivas, que é um indicador de contaminação por chumbo. Se a tubulação de exaustão for bloqueada durante a operação e permanecer assim durante um processo de limpeza, a poeira de chumbo não escapa do sistema de forma eficaz e o pó retorna para cavidade principal, aumentando o risco de exposição ao chumbo. Ele também pode acumular-se no interior dos condutos. Os trabalhadores precisam usar máscaras apropriadas e equipamentos de segurança para proteção contra a exposição.

Benzenos

O benzeno é uma substancia carcinogênica que causa leucemia entre outros tipos de câncer, com a exposição prolongada. É um efeito colateral comum da combustão do coque, que é uma das fontes de carbono que ajudam a alimentar o forno durante o processo de produção do ferro. É um componente vital, porém o benzeno é produzido como resultado na forma gasosa. Embora tenha muitas aplicações industriais, a agência federal americana de segurança e saúde ocupacional (OSHA - Occupational Safety and Health Administration) regulou a quantidade de exposição permitida para funcionários de altos-fornos, equipes de limpeza e outros trabalhadores.

Não deixe de ver

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media