Remédio caseiro para limpeza de marfim

Escrito por katy doran | Traduzido por ricardo castiglioni
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

O marfim tem sido um meio valioso para artesãos e objeto comum e de arte por milhares de anos. Ele é duro e durável, e pode ser usado para escultura intrincada. Ele pode ser polido para obter um brilho suave que perdure indefinidamente. Ao cuidar do marfim, para mantê-lo por várias gerações, é importante mantê-lo limpo e protegido de calor, umidade e luz extrema.

Em caso de dúvida sobre a limpeza de marfim extremamente sujo, ou peças que tenham sido tingidas, deve-se consultar um especialista em conservação do American Institute for Conservation of Historic & Artistic Works.

Outras pessoas estão lendo

Ferramentas de limpeza

Marfim de punho é conhecido ou acredita-se ser envelhecido com luvas de algodão branco ou mãos bem limpas para remover todos os vestígios de sujeira ou óleo.

Tome especial cuidado para remover poeira ou sujeira das áreas esculpidas de esculturas complicadas, tais como miniaturas, peças de joias antigas e entalhes de marinheiros e nativos do extremo noroeste. É recomendável que primeiro seja feita uma limpeza a seco, ao invés de qualquer tipo de líquido. Não utilize utensílios afiados como facas de metais pontiagudos ou cerdas duras como escovas de dentes. As ferramentas preferenciais são escovas de cerdas muito macias ou cotonetes.

Objetos lisos ou planos -- bolas de bilhar antigas, teclas de piano, talheres de jantar e facas manuais -- são mais fáceis para limpar e manter. Cotonetes são sempre úteis para usar em coisas menores, um pedaço de tecido ou pano de microfibra macio também podem ajudar.

Soluções de limpeza

Evite limpeza com líquidos, incluindo água, se possível, pois podem causar inchaço e rachaduras. Os líquidos também podem fazer com que a tinta ou corante usado para entalhes escorra e manche outras áreas do marfim.

Se o marfim estiver em bom estado, sem rachaduras, danos, seco e quebradiço, e ainda estiver sujo após uma limpeza a seco, pode ser usada uma solução de 50% de álcool etílico e 50% de água destilada. Teste a solução com um cotonete ligeiramente umedecido, em uma área pequena e seque imediatamente. Se isso tiver funcionado bem, espalhe suavemente sobre o resto da peça - uma parte pequena de cada vez - e seque imediatamente.

Produtos que devem ser evitados

De acordo com a Smithsonian Institution, "algum escurecimento ou 'pátina' é o resultado do processo de envelhecimento natural de constituintes orgânicos do marfim. Como ele é poroso, o marfim também é suscetível a manchas. Ele escurece em contato com a pele ou óleos e pode ser manchado ao corroer metais ou outros materiais coloridos. Em outras palavras, o marfim velho nunca será branco. Uma peça de joia antiga pode ter um tom rosado do contato com a pele de quem o usou. Essa pigmentação, que é uma indicação da idade, é uma proteção natural para o marfim e nunca deve ser removida.

As soluções de limpeza que devem sempre ser evitadas incluem peróxido de hidrogênio, vinagre altamente ácido ou suco de limão, limpadores de pasta ou abrasivos, tais como pasta de dentes.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível