Vida

Como reconhecer um rubi verdadeiro

Escrito por margot callahan | Traduzido por marcelo couto
Como reconhecer um rubi verdadeiro

Seu rubi pode ser adorável, mas um impostor sem valor

Paula Bronstein/Getty Images News/Getty Images

Rubis são vermelhos. Todos sabem. Mas granadas, zircões, espinelas, pedaços de vidro e rubis sintéticos também podem ser vermelhos. É possível saber se a pedra vermelha de um anel ou colar é um rubi genuíno ou não em poucos passos.

Nível de Dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Lupa comum ou de joalheiro

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Limpe a pedra gentilmente com um pano macio umedecido e espere secar.

  2. 2

    Examine a aparência geral da superfície da pedra sem ampliação. Observe a forma e o tamanho. Pedras falsas geralmente são maiores e possuem bordas macias e arredondadas, enquanto que as verdadeiras são menores e apresentam faces nítidas e afiadas. Preste atenção na cor também, pois rubis verdadeiros são de um vermelho profundo. Pedras de cores mais claras são geralmente classificadas como safiras.

  3. 3

    Continue a examinar a superfície e o interior visível da pedra. Embora rubis genuínos também possuam falhas - às vezes até mesmo desejáveis -, muitos arranhões pequenos, riscas ou bolhas na superfície dentro da pedra são indicadores de que a peça pode ser de vidro ou sintética.

  4. 4

    Segure o rubi na mão. Uma pedra genuína será um pouco pesada por causa da densidade da sua composição química. Um rubi verdadeiro aquecerá ao toque mais lentamente do que o vidro ou uma pedra preciosa inferior.

  5. 5

    Olhe a pedra de perto com uma lupa normal ou de joalheiro. Será possível ver a partir da qualidade das falhas nas estruturas cristalinas dentro da pedra se é vidro ou uma gema menos valiosa. Gemologistas chamam essas falhas de inclusões. Em rubis verdadeiros, as inclusões tendem a ser retas e angulares.

Dicas & Advertências

  • Para a palavra final sobre a veracidade e qualidade de uma pedra preciosa, talvez seja necessário consultar um joalheiro ou um gemologista. O Instituto Americano Geológico possui um serviço de avaliação que pode ser acessado por consumidores através de correspondência ou correio por uma pequena taxa. Existem locais para deixar as gemas ou enviá-las para verificação na Califórnia, Nova Iorque e por todo o mundo. O instituto disponibiliza listas de preços e informações sobre seus procedimentos no seu site.
  • O problema real de identificação dos rubis é com as pedras sintéticas, que são desenvolvidas em laboratórios. Tecnicamente, através de sua composição química, elas são genuínas. Somente um especialista seria capaz de determinar se um rubi é sintético ou "natural", através da análise microscópica da pedra e da sua submissão a testes envolvendo calor, medição da refração de feixes de luz e fluorescência.
  • Rubis, como muitas outras pedras preciosas, podem ser danificados. Testes utilizando vidros e outros minerais frequentemente encontrados em kits caseiros de testes podem arranhar, quebrar ou manchar a pedra de forma irreversível. Use-os com cuidado.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media