Remédio caseiro para um recém-nascido de cinco dias de vida com chiado

Escrito por sarah brooks | Traduzido por caroline zemuner
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Remédio caseiro para um recém-nascido de cinco dias de vida com chiado
Existem alguns métodos caseiros para aliviar o bebê da congestão e dificuldades respiratórias (Digital Vision./Photodisc/Getty Images)

O chiado no recém-nascido pode soar como um som de assobio em seu peito quando ele tenta respirar. Para bebês até dois meses de idade, a congestão do tórax e a respiração ofegante podem ser causadas pelas vias nasais estreitadas com algum leite seco que se acumulou na passagem durante a amamentação ou simplesmente muco ou saliva.

Outras pessoas estão lendo

Remédio caseiro

De acordo com o site babycenter.com, deve-se usar uma seringa com êmbolo de borracha para remover o muco ou leite seco das narinas do bebê. É possível encontrá-las na seção de bebês de qualquer loja de departamento. Antes de usar a seringa para sugar qualquer substância de suas narinas, use gotas salinas para amolecer e soltar as partículas primeiro. Você pode comprar as gotas ou o spray em qualquer farmácia. Também é possível fazer sua própria solução caseira dissolvendo 1/4 de colher de chá em 220 ml de água morna. Armazene-a em um recipiente de vidro fechado.

Quando instilar as gotas nas narinas do bebê ou usar o spray salino, lembre-se de que ele reclamará. Tenha em mente que esse procedimento não causa nenhum dano à criança, contanto que seja realizado cuidadosamente. Siga esses passos antes de alimentá-lo para que não cause ânsia e o retorno do alimento.

Coloque o seu bebê no colo, entre os seus joelhos e com o pés dele contra o seu abdômen. Instile uma ou duas gotas de solução salina em cada narina com um conta gotas ou um esguicho uma vez ou duas se estiver usando spray. Com a seringa, aspire cada narina uma vez e remova os resíduos da seringa em um tecido. Não aspire mais do que duas ou três vezes em um dia, e não instile gotas salinas por mais de quatro dias.

Se você notar que a criança alguma vez tem dificuldade para respirar e um "afundamento" do tórax que persista por horas, ligue para o pediatra.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível