Riscos de coágulos sanguíneos depois da cirurgia

Escrito por contributing writer | Traduzido por kelly isayama
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Coágulos sanguíneos são aglomerados de sangue que ficam presos nas maiores veias e artérias do corpo. Os coágulos se formam para parar o sangramento depois de cirurgias e geralmente são encontrados nas pernas. Uma vez que um coágulo se solta e vai para a rede sanguínea, ele pode ir para qualquer órgão e causar danos ao parar o fluxo sanguíneo daquele local. Depois de cirurgias, pacientes estão em alto risco de desenvolverem esse problema.

Outras pessoas estão lendo

Causas

Depois de cirurgias, pacientes não se movem tão bem como antes do procedimento, e coágulos podem se formar. Quando um indivíduo não anda ou move as pernas, o coração pode não conseguir realizar o fluxo sanguíneo apropriadamente. A ação de bombeamento é reduzida quando coágulos bloqueiam os vasos. Além disso, devido ao fato das pernas do paciente provavelmente terem sido movidas, viradas e torcidas para que a cirurgia fosse feita, as paredes dos vasos sanguíneos podem ficar irritadas e danificadas, aumentando ainda mais a chance da formação dos coágulos.

SIntomas

Os sintomas de formação de coágulos sanguíneos depois da cirurgia são dor, aumento de temperatura, vermelhidão e inchaço na perna. Pacientes também sentirão falta de ar se o coágulo for liberado e chegar até os pulmões.

Tipos de cirurgias

Qualquer cirurgia contém riscos de formação de coágulos sanguíneos, mas os procedimentos feitos nos quadris e nos joelhos são os que mais apresentam essa chance. Estima-se que 30 a 50% de pacientes de cirurgias de quadril ou joelho desenvolvem esses aglomerados sanguíneos. Qualquer tipo de cirurgia de substituição de articulações possui um risco de formação e liberação de coágulos, bem como casos em que o paciente não consegue se mover.

Riscos

Algumas pessoas têm um risco maior de desenvolverem um coágulo sanguíneo depois da cirurgia, se elas tiverem certas doenças ou fatores genéticos. Tabagistas, obesos, hipertensos e mulheres que tomam pílula anticoncepcional ou de reposição hormonal têm um risco aumentado.

Tratamentos

Coágulos sanguíneos são tratados com medicamentos anticoagulantes como o Lovenox e o Coumain. O médico prescreverá esses medicamentos depois da cirurgia e será necessário tomá-los por 6 a 12 semanas. O médico também pedirá um exame de sangue para garantir que os níveis plasmáticos estejam adequados com a terapêutica, além do acompanhamento por ultrassom e raio-X do coágulo.

Prevenção e solução

A melhor maneira de prevenir coágulos sanguíneos depois de cirurgias é levantar e se mover, idealmente no mesmo dia ou no seguinte, dependendo da cirurgia. Além disso, meias e bombas podem ser colocadas nas pernas para comprimir os vasos e manter o sangue circulando e evitar que os coágulos se formem.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível