Qual é o significado de um processador x86?

Escrito por jason artman | Traduzido por lean pereira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Qual é o significado de um processador x86?
Parte inferior de um processador x86

X86 é o nome de um conjunto de instruções de um processador, ou a coleção de operações que um processador é capaz de executar. Estas instruções incluem cálculos lógicos e matemáticos, dentre outros tipos de tarefas. Quase todos os processadores em uso atualmente mantêm compatibilidade com o conjunto x86, que já tem agora 30 anos de idade.

Outras pessoas estão lendo

História

O primeiro processador a suportar o conjunto de instruções x86 foi o Intel 8086, lançado em 1978. O 8086 era popular para o uso em computadores pessoais na década de 80, e era usado junto a outros chips compatíveis, em certas máquinas fabricadas pela IBM e também por alguns computadores "clones" que eram compatíveis com PCs da IBM. À medida em que a Intel foi lançando processadores mais velozes, a compatibilidade com o conjunto de instruções x86 foi mantida para que os usuários pudessem comprar as novas máquinas sem ter que comprar softwares novos. Embora novos conjuntos de instruções tenham sido introduzidos para melhorar o x86, os processadores modernos ainda mantêm uma compatibilidade retroativa com os primeiros processadores x86.

Alternativas

Não foi sempre que os processadores x86 estiveram presentes em quase todos os computadores. Antes que a compatibilidade com os PCs IBM se tornassem um padrão universal, muitos tipos de processadores foram usados. O Commodore 64 e o Apple II usaram processadores feitos pela MOS Technology, e os originais Macintosh e Atari ST usavam processadores da Motorola. Nenhum destes era compatível com o x86. Entretanto, PCs da IBM e seus clones eventualmente foram crescendo até dominar o mercado.

Competição

Ao longo dos anos, muitos fabricantes de processadores entraram no mercado x86 para competir diretamente com a Intel. A replicação dos conjuntos de instrução x86 era conseguida através de engenharia reversa, um processo pelo qual as capacidades de um chip são reproduzidas por engenheiros que não têm nenhuma experiência com ele, dessa forma não sendo capazes de roubar sua tecnologia. A melhor fabricante de processadores x86 à parte da Intel é a AMD, que compete com a Intel nos mercados de processadores para servidores, computadores de mesa e notebooks.

Extensões

Diversas extensões foram adicionadas ao conjunto de instruções do x86, com nomes como MMX, SSE e 3DNow. Elas podem adicionar uma considerável performance ao processador, porque permitem que eles gaste menos tempo esperando por ordens. Ao invés de esperar por instruções, completá-las e esperar por outras, estes novos "múltiplos dados de instrução simples" acoplariam diversas operações em uma única. As extensões x86 contribuíram muito para a longevidade do conjunto de instruções.

Limitações

Manter a retrocompatibilidade com o 8086 permitiu à Intel vender um ritmo constante de processadores, à medida em que os consumidores não precisavam perder acesso a seus softwares antigos para receber as melhorias de performance de uma nova CPU. Entretanto, isso também dificultou os avanços dos processadores de algumas maneiras. Se os consumidores pudessem suportar a compra de novos softwares, os fabricantes de processadores poderiam abandonar o conjunto de instruções x86, concentrando seus esforços em criar o mais rápido conjunto de instruções possível utilizando a tecnologia atual, tornando assim os processadores muito mais rápidos do que os disponíveis atualmente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível