Mais
×

Sinais de insegurança emocional em um homem

Atualizado em 17 abril, 2017

Frequentemente são feitas piadas sobre as inseguranças emocionais dos homens, mas muitas vezes estar em um relacionamento com um homem que tem inseguranças emocionais pode ser abusivo e perigoso. Um homem com problemas emocionais pode ser abusivo e agressivo, por isso é melhor ter cuidado ao lidar com um parceiro masculino que esteja mostrando sinais de insegurança emocional. Essa insegurança pode variar de uma competitividade simples à grosseria com intervalos entre elas.

Os homens emocionalmente inseguros podem causar brigas nos relacionamentos (Jupiterimages/liquidlibrary/Getty Images)

Defensividade

Os homens que são emocionalmente inseguros não podem receber críticas muito bem. Qualquer palavra de crítica é tomada como um ataque ao invés de uma oferta genuína de ajuda. Ele não pode ver como pode melhorar a si mesmo. Qualquer um que ofereça palavras de conselho para ele é um inimigo e só está tentando atacá-lo e levá-lo para baixo. Esse é um homem que não é capaz de aceitar que não existe problema em ser falho.

Casal tendo uma conversa séria (Pixland/Pixland/Getty Images)

Brincadeiras e conversas excessivas

Um homem inseguro está sempre fazendo uma piada ou conversando sobre alguma coisa. Um homem que está sempre contando piadas quer ser o centro das atenções e pode ultrapassar os limites da decência para obter essa atenção. Ele é um tipo que se sente desconfortável com o silêncio, que deve sempre ter algo a dizer. Sua insegurança empurra-o para fazer piadas grosseiras à custa dos outros, a fim de ser o centro das atenções e manter suas opiniões à frente.

Brincadeiras de patins (Karl Weatherly/Photodisc/Getty Images)

Bullying

Os homens emocionalmente inseguros são valentões. Se eles ficam em uma posição de poder, usam sua autoridade para empurrar as pessoas ao redor, a fim de provar que são melhores do que todos os outros. Um homem inseguro se sente ameaçado por pessoas e usa qualquer poder que ele tenha para forçar os demais a fazer suas vontades. Ele, muitas vezes, pune os outros apenas por punir ou para dar um exemplo. Um homem emocionalmente inseguro exerce a sua autoridade para esmagar as pessoas e garantir que elas não sejam uma ameaça. Para ele, todo mundo é uma ameaça a ser neutralizada.

Prática de bullying entre adultos (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Competitivo

Tudo é uma competição com um homem emocionalmente inseguro, porque ele está sempre medindo-se contra todos os outros. Ele também é altamente materialista. Esse tipo de homem deve ter o melhor carro, a maior casa e mais dinheiro. Ele não pode se sentir bem sobre si mesmo, a menos que ele tenha essas coisas porque baseia toda a sua autoestima na competição que ele mesmo estabelece entre si e os demais. Se ele não ganhar, sente que é menos homem. Por isso, faz tudo que pode para ganhar na sua visão.

Casal jogando videogame (James Woodson/Digital Vision/Getty Images)

Ciúme

Nos relacionamentos, um homem emocionalmente inseguro tem ciúmes da relação de sua parceira com outras pessoas. Ele não consegue entender o que a sua parceira vê nele, por isso está sempre esperando que ela vá embora. É por isso também que ele constantemente a questiona, segue-a e desconfia dela. Ele não pode confiar que ela desejará ficar com ele e pensa que ela acabará sendo sensata e encontrando outra pessoa. Suas inseguranças são as coisas que tendem a conduzir as parceiras a afastarem-se.

Homem ciumento com suspeitas (Pixland/Pixland/Getty Images)

Abusivo

O abuso é um dos sinais característicos de um homem emocionalmente inseguro. Essa é a melhor forma com a qual ele tenta controlar sua parceira. Se ele pode convencê-la a ficar, então não tem que se preocupar com a possibilidade de abandono. O homem emocionalmente inseguro concentra toda a sua atenção sobre o que ele não tem e como ele pode controlar o ambiente ao seu redor. O abuso permite-lhe controlar a pessoa que ele é, utilizando-o para tornar os demais submissos. Um homem que é emocionalmente seguro poderia permitir que seu parceiro pensasse e agisse por conta própria, sem abuso físico, verbal ou mental.

Relacionamento abusivo (Christopher Robbins/Photodisc/Getty Images)
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article