Sintomas da cardiomegalia

Escrito por felicia anderson | Traduzido por tamara loebe
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sintomas da cardiomegalia
O dilatamento do coração, também referido como cardiomegalia, não é uma doença, mas sim um sintoma de um alguma outra condição (Photodisc/Photodisc/Getty Images)

O dilatamento do coração, também referido como cardiomegalia, não é uma doença, mas sim um sintoma de um alguma outra condição. Este termo é usado pela equipe médica para descrever um coração ampliado, visto em um raio-X, exame físico, tomografia computadorizada ou ressonância magnética antes de outros testes ou antes de um diagnóstico específico. O estresse sobre o corpo, como uma gravidez, pode provocar o dilatamento temporariamente do coração.

Outras pessoas estão lendo

Cardiomegalia - Coração dilatado

Às vezes, condições médicas, como enfraquecimento do músculo cardíaco, problemas nas válvulas cardíacas, doença arterial coronariana e ritmos cardíacos anormais podem causar cardiomegalia. A prevenção pode não ser possível, mas tratamentos múltiplos estão disponíveis. O tratamento de um coração dilatado normalmente é voltado para a cura da doença subjacente. Cirurgias, medicamentos e procedimentos médicos são formas de tratar a condição subjacente.

Causas

A cardiomegalia nem sempre se desenvolve por um motivo aparente, mas existem condições que fazem com que o coração bombeie o sangue com mais força. Doenças como pressão alta, cardiomiopatia, doença das válvulas cardíacas, cardiopatias congênitas, arritmias, distúrbios da tireoide, anemia e amiloidose podem causar um aumento do coração.

Fatores de risco

Doenças cardíacas congênitas, histórico familiar, hipertensão arterial e cardiopatia são fatores de risco para o aumento do coração. O risco para o desenvolvimento de cardiomegalia é maior quando estas condições já estão presentes no paciente. A doença cardíaca coronária e doença das válvulas cardíacas são duas outras condições que aumentam a chance de uma pessoa ter o coração dilatado.

Sintomas

Em alguns casos, o dilatamento do coração não apresenta sintomas e, em outros casos, os sintomas podem ser desconfortáveis ​​ou até mesmo insuportáveis. Tonturas, falta de ar, problemas respiratórios, arritmia (alteração do ritmo cardíaco), tosse e inchaço (edema) podem indicar o aumento do coração, de acordo com o site da clínica Mayo. O tratamento para a cardiomegalia é mais fácil quando detectado no início; conversar sobre sua saúde com um médico é uma forma positiva para estar sempre um passo à frente. Discuta com o seu médico formas de reduzir o risco antes que ele exista. Se você sentir dores no peito, falta de ar ou desmaio, consulte seu médico imediatamente.

Tratamentos

Ao focar a cura na condição subjacente, os médicos também estão tratando o coração dilatado, com isso, as possibilidades de diminuir o aumento coração são altas. Uma variedade de medicamentos são usados ​​para tratar os sintomas de insuficiência cardíaca, como beta-bloqueadores e diuréticos. Vários procedimentos médicos e cirurgias podem também ser realizadas. Marca-passos e CDIs (cardioversores-desfibriladores implantáveis) são dispositivos que podem ser implantados no corpo para o tratamento. A cirurgia das válvulas cardíacas e transplantes de coração são procedimentos cirúrgicos que também podem ser realizados.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível