O sistema de irrigamento de plantas por pavio

Escrito por sandra carusetta Google | Traduzido por rafael assis
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O sistema de irrigamento de plantas por pavio
Um sistema de pavio é útil para plantas de qualquer tipo (Jupiterimages/PhotoObjects.net/Getty Images)

Ao voltar para casa, depois de alguns dias fora, você pode se deparar com as suas plantas secas e perdendo folhas. Por isso é importante fornecer um suprimento de água consistente às suas plantas mesmo estando ausente. Você pode usar um sistema de irrigação por pavio que é de fácil montagem e fornece uma fonte estável de umidade às suas plantas de vaso.

Outras pessoas estão lendo

Como o sistema funciona

Um sistema de irrigação por pavio mantém as plantas de casa úmidas de modo consistente. Ele é útil tanto como uma solução temporária quanto permanente. O sistema usa um pavio embebido na área da raiz da planta e saindo por dentro de um dos furos de drenagem do vaso. A ponta do pavio fica submersa em água, com a planta suspensa acima da fonte de água. A ação capilar leva a água da fonte, através do pavio até as raízes das plantas.

Instalando um sistema de pavio

O pavio vai da raiz da planta até o fundo do vasilhame de água abaixo do vaso. Use um material sintético e absorvente como um fio de tricô, cadarços, linha de costura ou fitas de nylon. Em uma planta nova, passe o pavio através de um furo de drenagem do vaso pela área das raízes usando um pauzinho ou espeto, sem necessariamente perturbar as raízes. Use pequenas placas ou uma grade metálica de cozinha para apoiar o vaso acima de um vasilhame resistente com água até o meio. Coloque a ponta do pavio no fundo do vasilhame de água. Você pode estimular a ação capilar regando a planta e encharcando todo o comprimento exposto do pavio.

Vasilhames e substrato

Comece com o substrato e o vasilhame adequado. Os vasilhames variam grandemente pela sua retenção de umidade. Os vasos de argila se secam entre a rega. Já os vasos de vidro e plástico retêm a umidade. O furos de drenagem ou uma camada de pedras de cascalho colocada no fundo dos vasos permitem que a água seja drenada da área das raízes. Use o substrato vegetal apropriado para a planta. Gardênias e azaleias preferem substrato ácido, e existem misturas especiais disponíveis para as violetas africanas e as suculentas. Uma mistura de uso geral é apropriada para a maioria das plantas de casa e as suas exigências variam. Um medidor de umidade é uma medida barata de medir a umidade do substrato e é útil especialmente em plantas de grande porte.

Excesso de água e desidratação

Uma planta regada em excesso exibe folhas amareladas e solo empapado e manchas de podre nas folhas. Permita que a planta seque e use um pavio menor. Uma planta desidratada exibe crescimento lento da folha, deixando cair à folha ou folhas com bordas marrons, secas. O solo ressecado puxa longe dos lados do vaso. Submerge o pote inteiro em um balde de água e deixe de molho até que pare de subir bolhas de ar. Retire o vaso e deixe escorrer. Corte a folhagem morta e a umedeça a planta com um spray de água. Certifique-se de que o pavio esteja conduzindo a água, ou use um pavio maior. Plantas de raiz reduzidas não irão puxar a água; passe esse tipo de planta para um vaso maior.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível