on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Sobre as casas astecas

Atualizado em 10 agosto, 2017

Os astecas eram um grupo de pessoas de língua Nahuatl que habitavam o centro do México do século 14 ao 16. A cidade-estado de Tenochtitlan, junto com as cidades-estado de Texcoco e Tlacopan, formaram uma poderosa aliança que dominou grandes áreas do que se tornaria o México. O império asteca era temido e respeitado. Mas como era a vida doméstica de um asteca comum?

O palácio de Moctezuma, mostrado aqui, era muito maior do que uma casa asteca típica (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Construção

As casas astecas comuns eram feitas de uma variedade de materiais. Algumas casas tinham paredes de pedras, enquanto outras tinham bases de pedra e paredes de tijolos. A casas rurais podiam ter paredes de pau-a-pique, que eram feitas com uma mistura de argila, esterco e água espalhadas sobre uma estrutura de hastes de madeira entrelaçadas. Um telhado de palha servia como proteção às condições climáticas. A maioria das casas possuía apenas um ambiente retangular, apesar dos mais ricos viverem em construções muito maiores.

Loading...

Mobília

As casas astecas comuns eram mobiliadas de maneira escassa. As pessoas sentavam e dormiam em colchões feitos de palha trançada. No centro da sala ficava o fogão, com um disco de argila em cima, chamado de comal. Os membros da família, normalmente as mulheres, usavam o comal para preparar tortilhas. Outros móveis incluíam frascos e potes para o armazenamento de alimentos, assim como ferramentas domésticas como pedras de moagem para a produção de farinha e um tear para fazer pano. A maioria das casas também continha imagens de deuses.

Dependências

As casas astecas eram iluminadas apenas por tochas de pinheiro e possuíam uma ventilação limitada, o que as tornavam escuras, abafadas e enfumaçadas. A maioria das atividades domésticas eram realizadas ao ar livre ou em outras construções. Uma das dependências mais importantes era a temazcalli ou banho de vapor. Essas pequenas estruturas circulares eram tão comuns que acredita-se que todas as casas possuíam uma. Outras estruturas externas incluíam viveiros para animais como perus.

Casas nobres

Apesar da maioria dos aldeões viverem em pequenas casas de apenas um ambiente, os membros das famílias mais ricas possuíam acomodações mais luxuosas. Os nobres viviam em estruturas de múltiplos ambientes sobre plataformas de terra ou pedra. Estas construções tinham telhados planos feitos de vigas de madeira, que às vezes eram cobertos de terra para plantar jardins neles. Estas grandes casas eram centradas em um pátio aberto. Elas continham dormitórios, áreas de recepção, salas de jantar, cozinhas e alojamento para os funcionários. Essas instalações eram, às vezes, rodeadas por grandes jardins.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...