Sobre o consumo elétrico de uma geladeira

Escrito por lee morgan | Traduzido por nara pinilla
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sobre o consumo elétrico de uma geladeira
Geladeiras estão entre os maiores consumidores de energia elétrica residencial (réfrigérateur image by dead_account from Fotolia.com)

O aumento dos custos de energia elétrica e uma crescente conscientização sobre a importância da conservação de recursos energéticos têm impulsionado os proprietários a considerar o uso de aparelhos elétricos de forma mais responsável. Muito do consumo diário em uma casa vem da cozinha, especificamente do refrigerador. Esses aparelhos funcionam 24 horas por dia, para manter os alimentos refrigerados ou congelados, para que sejam conservados por mais tempo e eliminem a necessidade de idas diárias ao supermercado. Indiscutivelmente, esse é um dispositivo essencial em casa. Saber mais sobre o consumo de uma geladeira o ajudará a compreender o impacto nas contas de energia.

Outras pessoas estão lendo

Grande consumo de energia

Segundo o Departamento de Energia dos EUA, utensílios de cozinha e lavanderia consomem aproximadamente um terço do total de eletricidade em um lar americano médio. De todos os componentes desses ambientes, a geladeira é o maior consumidor de eletricidade. Refrigeradores podem usar até 156 bilhões de quilowatts-hora de eletricidade em todo o país a cada ano. Mais energia é gasta com geladeiras do que com água, luz e aquecimento de casa.

Velho vs. Novo

A idade da sua geladeira determinará a quantidade de eletricidade que ela consome. Melhorias na mecânica dos refrigeradores têm significativamente conseguido reduzir o consumo de energia desses aparelhos.

Nos Estados Unidos, geladeiras que recebem o selo de certificação do Departamento de Energia dos EUA com o logotipo Energy Star são 20% mais eficientes do que os requisitos federais mínimos de consumo de energia. Substituir um modelo de geladeira dos anos 1980 ou início dos anos 1990 por uma unidade nova pode economizar até R$ 200 em custos de eletricidade. Se a sua geladeira velha for da década de 1970, é provável que você possa economizar cerca de R$ 400 por ano, de acordo com o site da Energy Star.

Custos estimados

Pode-se estimar o custo de eletricidade de aparelhos multiplicando a potência do aparelho pelo número de horas de utilização por dia. Divida a resposta por 1000, para obter o consumo diário de quilowatt-hora desse dispositivo. Multiplique o resultado pelo número de dias que você utiliza o aparelho. Observe sua conta de eletricidade, para encontrar a taxa em que você é cobrado por quilowatt-hora, e multiplique a resposta pela taxa. Isso exibirá o quanto você gasta por ano em eletricidade para utilizar o aparelho. Como a geladeira está conectada o tempo todo, ela consome energia ininterruptamente. Porém, como esse aparelho possui ciclos de ligar e desligar o motor para manter temperatura correta, divida o número de dias utilizados por três, para obter um número mais preciso. Usando 122 dias na fórmula é possível obter resultados confiáveis.

Medidor de quilowatt

Se você não tiver certeza da quantidade de eletricidade que seu refrigerador está usando, há uma maneira simples de descobrir. Pode-se comprar um aparelho conhecido como medidor de quilowatts. Você o conecta na tomada e liga a geladeira no dispositivo. A leitura digital mostrará o quanto de eletricidade é utilizada todos os dias.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível