O que eu sou responsável por ser titular de uma conta conjunta?

Escrito por sherrie scott | Traduzido por jessica araujo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que eu sou responsável por ser titular de uma conta conjunta?
Titulares de contas conjuntas são responsáveis ​​por todos os pagamentos de contas e dívidas (Comstock/Comstock/Getty Images)

Os consumidores possuem contas conjuntas por diferentes razões. Muitos cônjuges mantêm contas conjuntas porque ganhos e economias são combinados como recursos da família. Muitos pais costumam abrir contas conjuntas com filhos adultos. Como titular de uma conta conjunta, cada um compartilha as responsabilidades da conta. Isso inclui dívidas e passivos.

Outras pessoas estão lendo

Propriedade conjunta

Ambos os titulares das contas têm direitos iguais para tomar decisões sobre a conta. Com uma hipoteca conjunta, por exemplo, ambas partes são responsáveis ​​por garantir que os pagamentos sejam feitos na hora. O mesmo vale para financiamento de automóveis comuns, cartões de crédito e outras formas de crédito. Se os titulares das contas não cumprirem as obrigações financeiras, o credor tem o direito cobrar o pagamento de ambas as partes. Muitas pessoas abrem uma conta conjunta com o entendimento de que uma parte é responsável pelos pagamentos e manipulação de toda a conta. Os credores não estão preocupados com as intenções dos titulares da conta. Titulares de contas conjuntas são igualmente responsáveis por fazerem pagamentos e se comunicarem com o credor. Se o primeiro titular da conta não cumprir sua obrigação, o segundo ainda é responsável pelo pagamento.

Co-assinatura

O cossignatário é titular de uma conta secundária que aceita dividir a obrigação financeira de uma dívida. Muitas pessoas pensam que, como cossignatários, elas não têm as mesmas responsabilidades que o titular da conta principal. Na verdade, cossignatários são igualmente responsáveis ​​pela dívida. Cossignatários são os titulares da conta conjunta. Se o credor for incapaz de cobrar do titular da conta principal, ele vai tentar cobrar do cossignatário, pois este garante que a dívida será paga se o titular da conta principal não pagar.

Crédito

Como titular de uma conta conjunta, o crédito pode ser afetado se as obrigações financeiras não forem cumpridas. Se uma conta vai para cobrança ou se um veículo de propriedade conjunta é recuperado, a conta negativa vai aparecer nos relatórios de crédito de ambas partes. Ex-cônjuges muitas vezes têm problemas com contas conjuntas. Quando a união termina, geralmente a conta permanece nos dois nomes por um período de tempo. Se um dos cônjuges não pagar uma hipoteca realizada conjuntamente, por exemplo, os pagamentos não realizados irão refletir negativamente sobre os relatórios de ambas as partes.

Considerações

Se, em uma conta conjunta, um titular é principal ou secundário, ele tem as mesmas responsabilidades. Por outro lado, cada titular da conta tem os mesmos direitos. Isso significa que todo o dinheiro na conta bancária é de propriedade conjunta e todo o crédito disponível no cartão de crédito é de propriedade conjunta. Não abra uma conta conjunta com alguém em que você não confia. Nenhuma medida jurídica está disponível se o titular da conta conjunta retirar todo o dinheiro da conta bancária ou ultrapassar o limite do o cartão de crédito. Mesmo se a outra parte não pagar nada da dívida, você ainda será responsável por garantir que a conta permanece em boas condições.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível