×
Loading ...

Como saber o tamanho do sistema de filtro de piscina necessário

Atualizado em 23 março, 2017

Se você tem uma piscina e deseja que a água esteja sempre limpa e clara, você precisa de um filtro com o tamanho adequado. Se ele for pequeno, a sujeira e as partículas continuarão a flutuar sobre a água, deixando-a suja e desagradável. O tamanho do filtro é mais importante do que o tipo. Cálculos simples podem ajudar a determinar o tamanho do filtro necessário para sua piscina.

Instruções

É importante ter o filtro de piscina com o tamanho adequado para mantê-la limpa (swimming pool image by apeschi from Fotolia.com)
  1. Calcule o volume da piscina. Para calcular o de uma piscina redonda, multiplique o diâmetro dela por ele mesmo, e depois pela profundidade média e por 0,785. O valor resultante é o número de litros da sua piscina. Para uma piscina oval, multiplique o diâmetro maior, o diâmetro menor e a profundidade média por 0,785. Na piscina retangular, multiplique a comprimento, a largura e a profundidade. O número que você obtém com esses cálculos é a capacidade da piscina.

    Loading...
  2. Escolha a sua taxa de rotatividade. Para fazer isso, decida quantas vezes você quer que a água da sua piscina circule completamente. Talvez você queira a cada oito horas ou a cada seis; o número que você escolher, é a sua taxa de rotatividade.

  3. Divida a capacidade da piscina pela taxa de volume e determine a taxa de fluxo para o filtro em metros cúbicos por hora. Como a maioria é classificado em metros cúbicos por minuto, divida por 60 para alcançar a taxa de fluxo ideal. Uma vez que saiba os metros cúbicos desejados por minuto, você estará pronto para comparar seus números com a classificação de vários filtros de piscina.

  4. Verifique a área dos filtros que você está pensando em comprar. Multiplique a área do filtro, em metros quadrados, pela taxa do filtro que deve ser fornecida em metros cúbicos por minuto. Os filtros terão todos os mesmos três tipos básicos, que são filtro de areia, filtro de diatomáceas e filtro de cartucho. Procure por um no qual o produto da área do filtro multiplicado pela taxa do filtro seja o mais próximo possível dos metros cúbicos por minuto calculados na etapa anterior.

  5. Depois de ter realizado todos os seus cálculos e escolhido o tipo de filtro que você prefere, aumente um pouco o tamanho do seu filtro. Um filtro um pouco maior do que o necessário, trabalha melhor. Pode-se escolher entre um filtro um pouco maior ou um filtro com a taxa um pouco mais forte.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...