Tapetes indianos e indígenas que contam histórias

Escrito por charmaine jens | Traduzido por marcella narvaes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tapetes indianos e indígenas que contam histórias
As cores usadas em tapetes indianos se originam da Pérsia (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

Os tapetes indianos não contam histórias literalmente. Contudo, as peças provenientes da Índia ou feitas por índios Navajos norte-americanos são tão bem detalhadas que parecem ter a capacidade de narrar um conto através da criação de desenhos artísticos. Eles são criados usando cores intensas e padrões altamente artísticos, desenhos e cenas pitorescas. Os tapetes Navajo são peças únicas de arte, com várias características distintas que os diferem de outras peças de nativos americanos.

Tapetes indianos

Registros arqueológicos e históricos antigos não revelam a origem social ou cultural dos tapetes indianos. Acredita-se, no entanto, que através dos laços culturais que os muçulmanos tinham com os persas e os sultanatos de Déli, os tapetes indianos foram inicialmente introduzidos. Apesar de nenhum deles ter sobrevivido após o século 13, fica claro que as peças persas têm uma forte influência no desenho dos tapetes indianos. Eles são caracterizados pelos tons intensos de rosa, azul-claro, verde, amarelo e um vermelho-azulado. Os desenhos artísticos representados nos tapetes incluem desenhos florais naturalistas, cenas de caça e figuras, monstros místicos, cervos, leões, chitas, tigres e monstros mitológicos.

Desenho do tapete indiano

Os tapetes indianos são feitos com nós assimétricos e têm uma superfície macia. Eles são tipicamente feitos com cenários de figuras e paisagens direcionais, enquanto alguns são feitos usando cordas e redes. Os persas são geralmente feitos com seda ou lã de caxemira. Tapetes antigos são feitos completamente de seda. As peças indianas mais extravagantes são feitas com pedras preciosas e fios de ouro. Aqueles feitos para preces carregam significado religioso importante e os desenhos são de flores. Já os que têm plantas de flores grandes representam o símbolo cultural indiano da árvore da vida.

Tapetes Navajo

Os tapetes Navajo são parte da história sagrada que data de mais de 300 anos no México e sudoeste dos Estados Unidos, quando a tecelagem foi primeiramente introduzida às tribos Navajo. Em finais de 1800, os Navajos começaram a tecer tapetes em resposta às demandas de mercadores e comerciantes. Durante essa época, eles começaram a tecer desenhos criativos, arte e figuras em seus tapetes, como símbolos tribais, deuses, trens, casas, arcos e flechas. Conforme o tempo passou, esses tapetes se tornaram cada vez mais difíceis de serem encontrados.

Desenho dos tapetes Navajo

Os tapetes Navajo são ainda feitos hoje em dia. Nenhum é igual ao outro e as cores e desenhos de cada um são exclusivos do tecelão. Eles são criados com seções ligadas usando uma linha diagonal e também de um único fio, que corre pelo comprimento inteiro do tapete, começando por uma extremidade. O comprimento do tapete é determinado pelo comprimento da linha. Tecer tapetes Navajo é um processo espiritual, eles acreditam que a habilidade de tecer foi dada a eles pela Mulher Aranha, uma deidade Navajo. Nos tapetes, há um espaço na tecelagem na parte superior do tapete para que os pensamentos espirituais do tecelão possam ficar livres e não presos dentro do tapete.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível