A técnica do cone de ouvido

Escrito por ashley brooks | Traduzido por poliana r. garrido
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A técnica do cone de ouvido
O cone de ouvido é uma prática de medicina alternativa (Siri Stafford/Lifesize/Getty Images)

Também chamado de cone de ouvido, a transiluminação de orelha, ou termo-terapia auricular, é uma prática de saúde alternativa, e muitos afirmam que limpa as orelhas da cera, de toxinas e de outros acúmulos. Como tratamento complementar para o zumbido, grandes quantidades de cera, ou problemas de sinusite, muitos acreditam que a termo-terapia auricular é uma forma segura, relaxante e eficaz para tratar doenças dos ouvidos e seios paranasais. Embora elogiada por muitos, há um número de profissionais de saúde e outros que acreditam que a prática é não apenas ineficaz, mas insegura. Tenha cuidado com o cone de ouvido, e não se esqueça de consultar o médico antes de ser submetido ao procedimento.

Outras pessoas estão lendo

Materiais

Para utilizar o cone de ouvido corretamente, em si mesmo, será preciso que alguém execute o procedimento. A pessoa que está realizando a prática deve ser experiente e ter algum conhecimento de saúde da orelha. Velas de orelha são tubos que variam em comprimento de 5 a 10 centímetros. Os tubos são feitos de pano que envolvem uma forma tubular; em seguida são mergulhados em uma substância como parafina ou cera de abelha. Earcandles.net vende cones de ouvido feitos de cera de abelha e, opcionalmente, mergulhados em óleos essenciais. O site do praticante de saúde alternativa Lynn Hancher oferece velas de orelha feitas de cera de abelha, linho, mel e uma variedade de óleos de plantas medicinais.

Você vai precisar de uma vela por orelha, um acendedor, um prato de papel ou uma forma de alumínio para comida pronta, um lugar confortável para deitar. Todo o procedimento não deve levar mais de 20 minutos mas, se a transiluminação é um acrescida de uma massagem, ou se for apenas um período para relaxamento, pode demorar mais tempo.

Procedimento

Primeiro, quem recebe a transiluminação precisa obter um exame de ouvido. Pode parecer extremo, mas quer ter certeza que suas orelhas são saudáveis e que não existem anormalidades ou outras condições que poderiam causar danos adicionais durante o procedimento. Se é você quem executa o procedimento, precisa primeiro ter reunido seus materiais próximo de si.

Antes de começar, faça um buraco do tamanho de uma moeda de dez centavos no centro da forma de alumínio ou do papelão e coloque o cone dentro do buraco. Isso evitará que cinzas caiam sobre a pessoa que recebe o procedimento. O paciente deve deitar de lado com a cabeça ligeiramente elevada sobre um pequeno travesseiro ou almofada. Você pode tornar o procedimento mais relaxante, com música calma, e fazendo uma massagem nos ombros e pescoço.

Uma vez que a pessoa esteja relaxada, insira suavemente o cone no canal da orelha externa. Nunca aperte ou empurre nada para dentro do canal. A maioria das velas da orelha são projetadas com um cone na extremidade do tubo, que permitem que elas se ajustes confortavelmente no canal da orelha externa. Acenda a outra extremidade da vela e deixe-a queimar cerca de três quartos do seu comprimento. Durante o procedimento, você pode precisar segurar firmemente a vela no lugar. Lynn Hancher sugere que praticantes de transiluminação de orelha permaneçam ao lado do paciente durante o procedimento e mantenham as mãos nos cones.

Tranquilize o paciente, pois ele pode ouvir uma ligeira crepitação, assovios ou estalidos, mas que são completamente normais. Em qualquer momento durante a transiluminação, se a pessoa que recebe o procedimento reclama de dor, por menor que seja, interrompa a transiluminação imediatamente.

Advertências

Embora os praticantes de termo-terapia auricular acreditem que o tratamento é eficaz em remover a cera das orelhas, o artigo "transiluminação de orelha: informações conflitantes, os consumidores confusos", de Heather Shenk, Au.D, e Jess Dancer, Ed.D, relata que em uma experiência controlada, em que o procedimento foi realizado em um tubo de ensaio de cera de ouvido humano, a cera não foi removida do tubo nem havia qualquer sucção para o cone.

O artigo de Linda Dahlstrom, "Fogo no buraco! A verdade sobre o cone de ouvido - será que funciona?" relata suas experiências recebendo a termo-terapia auricular para tratar um problema agudo de orelha. De acordo com Dahlstrom, depois de falar com o Dr. David Leopold, do Centro Scripps para Medicina Interativa, ela foi informada que o procedimento promove danos na orelha, ao invés de saúde. A cera de ouvido - também chamada de cerume, é na verdade, uma secreção útil criada pela orelha para livrar o canal auditivo de toxinas, bactérias e outros detritos que podem alojar-se ali.

Se você está pensando em realizar ou receber uma termo-terapia auricular, certifique-se de que está plenamente consciente dos riscos e perigos do procedimento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível