Como fazer um topo de aquário transparente para cobras

Escrito por tamara stromquist | Traduzido por mayra chibante
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer um topo de aquário transparente para cobras
Com um espaço e cuidado apropriados, as cobras são bons bichos de estimação (Creatas/Creatas/Getty Images)

Na hora de escapar, as cobras são artistas. Seu formato, hábitos e temperamento exigem vigilância, não somente às necessidades diárias, mas para mantê-las aonde se deve. O uso de materiais e precauções simples deixam esses animais alojados e felizes, quando seu espaço é bem construído. Desde que a tampa seja segura, firme e eficiente no seu uso, os aquários são excelentes jaulas. Esses répteis podem ser mantidos em condições adequadas sem um grande gasto de dinheiro. A atenção aos detalhes e um arranjo bom e simples providenciará uma moradia saudável e resistente às cobras, além de permitir uma tranquilidade ao dono.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Aquário
  • Madeira, 2,5 x 3,0 centímetros (ou maior)
  • Fita métrica ou régua
  • Serra
  • Cola de madeira
  • Pregos
  • Martelo
  • Tela de alumínio ou arame
  • Grampeador e grampos
  • Fita isolante

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Meça o comprimento e a largura do aquário. Use as medidas internas, porque a tampa se fixará na borda interna. No pedaço(s) reservado(s) para a moldura da tampa, marque os comprimentos.

    Como fazer um topo de aquário transparente para cobras
    A forma e a agilidade fazem com que as cobras sejam artistas natos no escape (George Doyle & Ciaran Griffin/Stockbyte/Getty Images)
  2. 2

    Corte quatro pedaços de madeira: dois para o comprimento e dois para as laterais. Para um aquário pequeno ou médio, a madeira com 2,5 por 3,0 centímetros será suficiente para uma tampa minimamente rígida. O lado de 2,5 centímetros será a superfície horizontal fixada contra a borda do aquário, além de estar em contato com a tela, virada para baixo. As tampas para aquários de 75 litros (ou mais) ou para aqueles com um comprimento extra recebem uma barra adicional de madeira como suporte central.

  3. 3

    Em cada junção, coloque uma gota (ou duas) de cola de madeira, fortalecendo a ligação. Nos cantos, pregue os pedaços, formando um retângulo. Aos adeptos a formas de construção mais industriais, podem usar, nesses cantos, aqueles mitrados ou triângulos de apoio nesses cantos.

  4. 4

    Coloque a moldura em uma folha grande do material da tela (ou uma malha de arame resistente com pequenas grades), de forma que tal folha se encaixe na própria tampa, além de dobrar ao redor da borda estreita e nos outros lados largos da moldura de madeira. Corte a tela, cuidadosamente, deixando cerca de metade da largura da madeira com e metade sem.

  5. 5

    Com intervalos de cinco centímetros (ou menos) da madeira ao longo da borda mais comprida, grampeie a extremidade cortada da tela. Puxe a tela esticada e grampeie pela borda oposta. Cuidadosamente, faça dobras em cada canto e grampeie a tela nesses cantos e pelas laterais mais curtas.

  6. 6

    Para proteger contra qualquer coisa pontiaguda, coloque a fita isolante nas bordas da tela. Cubra totalmente o lado grampeado, de forma que a fita adira à tela e esteja firmemente segura na madeira. Se a fita for larga o suficiente, dobre-a por cima do lado mais curto da madeira, pressionando pela borda interna da moldura. Use uma fita forte, como a isolante ou qualquer outro tipo industrial que possua uma boa aderência e durabilidade.

Dicas & Advertências

  • Caso a tampa foi deslocada, danificada ou se o aquário foi prejudicado e precisa ser substituído, guarde pedaços extras de tela, musselina ou arame para fazer rapidamente uma tampa de emergência. Coloque a tela (ou a musselina) por cima do aquário e ponha uma camada de arame por cima, para deixar tudo no lugar. Cordas elásticas presas ao redor do aquário segurarão a tampa improvisada no devido local.
  • A tampa deve se encaixar firmemente. Se estiver muito apertada e é ruim para a remoção, martele gentilmente por uma das bordas, de forma a largura.
  • Para cobras maiores, como as boas e as pitons que já são grandes ou crescerão, o tamanho, a força a escolha de materiais para seus aquários deve corresponder à força e à determinação do animal. Madeiras pesadas e largas e telas aramadas são necessárias para a tampa, juntamente com grampos fortes ou tijolos para forçar a tampa para baixo.
  • Para evitar o superaquecimento dos materiais próximos, leve em consideração onde as lâmpadas, luzes ou outros equipamentos ficarão. O plástico derrete e podem emitir fumaça. O metal conduz calor e é perigoso, caso materiais inflamáveis estejam por perto.
  • Bordas pontiagudas e irregulares em qualquer parte do aquário podem ser perigosas, tanto ao próprio dono do animal, quanto para o bicho também. Cubra todas as áreas pontiagudas com fita ou lixe-as para suavizar.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível