Trabalhos com madeira reutilizada

Escrito por georgann yara | Traduzido por rodrigo castilhos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail

Faça artesanato ou decoração reutilizando madeira

Trabalhos com madeira reutilizada
Madeira velha pode servir para fazer móveis únicos (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

Vale a pena aproveitar madeira mais velha. No entanto, muito frequentemente, este material acaba sendo jogado fora diariamente. Esperamos que mais pessoas possam descobri-la como um recurso renovável.

— Malaquias Milbourn, fundador da Against the Grain de Portland, Oregon

Quando se trata de madeira, o que é velho pode se tornar novo nas mãos de artesãos e de quem gosta de bricolagem. Qualquer pessoa com uma ideia pode dar à madeira restaurada uma segunda chance e uma outra vida. A pátina em madeira de lei é conhecida por suas imperfeições, que são resultados de muitos anos de uso e desgaste. Estas imperfeições, com sua aparência rústica ou elegante, dão um visual histórico que podem fazer uma mesa ou um banco parecerem extraordinários. Madeira mais nova é outra opção. Quem tem olhos experientes pode encontrá-la no chão de uma movelaria ou num canteiro de obras. Se você planeja reaproveitar madeira para construir uma mesinha de canto ou fazer um piso novo para a sua sala de jogos, há algumas regras gerais a seguir para obter o melhor produto possível.

Como conseguir madeira

Trabalhos com madeira reutilizada
Madeira reaproveitada pode ser obtida de várias fontes, inclusive de celeiros velhos e navios de guerra. (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

Especialistas dizem que o melhor a fazer, no entanto, é procurar primeiro em madeireiras locais. Essa medida pode diminuir gastos, segundo a vice-presidente e dona da Wood Expressions Fine Custom Cabinetry Inc. de Phoenix.

"Essas peças são obtidas geralmente de celeiros velhos, navios de guerra naufragados em rios, ou postes telefônicos e dormentes de ferrovias", diz ela.

Lojas de móveis, companhias de construção e movelarias são minas de ouro de madeira. Essas empresas produzem muita sucata, e a maioria delas ficam felizes em ter alguém que leve sua sucata embora, diz Anita Lang, fundadora e diretora executiva da Interior Motives Inc. de Fountain Hills, Arizona.

"Se você sabe onde há construções no seu bairro, você pode pedir as sobras ao invés de deixá-las ser levadas para um aterro", diz ela.

Estruturas históricas desativadas são o meio predileto para a obtenção de madeira recuperada para o marceneiro Malaquias Milbourn, fundador da Against the Grain, uma companhia de fabricação de móveis sustentável em Portland, Oregon. Mas, madeira recuperada pode ser achada facilmente em qualquer área urbana, na maioria dos casos em lugares bem óbvios. O que despertou o interesse de Milbourn pela arte foram tábuas de uma cerca velha e estrados de madeira.

"Amo a aparência da madeira com buracos de pregos antigos e pátina desgastada", diz ele. "Há alguns grandes achados que vão para o lixo todos os dias. Pode-se encontrar materiais úteis de graça no lixo."

Algumas precauções

Trabalhos com madeira reutilizada
Certifique-se de que a madeira velha que você está usando não traga nenhum tipo de visitantes indesejados (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Madeira recuperada pode conter vida (ou vidas) em si. Averiguar se ela está bem dedetizada é uma prática que pode garantir que o seu dinheiro, tempo e esforço não foram investidos em vão numa mesa de jantar rústica ou cabeceira elegante.

"Já ouvi histórias de besouros xilófagos e cupins que infestaram casas porque esta etapa foi ignorada. Não posso nem imaginar uma bela peça de mobília feita para depois ser destruída por esses insetos", diz Potter.

Uma pesquisa também lhe ajudará saber de onde a madeira veio ou se foi exposta a produtos químicos. Por exemplo, muitos celeiros velhos foram revestidos com o conservante creosoto, que é altamente inflamável, diz Potter.

Milbourn sugere que a madeira seja checada para ver se não há rachaduras, rupturas, buracos, pregos, metal ou qualquer outra coisa que possa afetar a estabilidade e a qualidade da peça.

"Evite reutilizar madeira velha com pintura antiga, pois por melhor que pareça ser, ela pode conter chumbo", diz ele.

Exposição

Trabalhos com madeira reutilizada
Use a madeira de modo que seu visual fique impactante (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

Aproveite o máximo da pátina da madeira, utilize as partes que exibem a sua aparência. Lang diz que uma peça grande que for tanto funcional quanto impactante é o ideal.

"Mesas são ótimas, pois elas realmente mostram a madeira", diz ela.

A madeira pode ser exibida de várias outras maneiras inusitadas. Lang transformou galhos retorcidos em lustres, usou um nó de uma raiz como base para uma mesa, e também aproveitou sobras de um local de trabalho para criar um painel na parede de um quarto de hóspedes.

"Eu gosto da mistura de linhas contemporâneas." disse ela. "Amo a justaposição do velho, elementos reciclados, com o novo, linhas modernas."

Peças e retoques antigos que os clientes trazem de suas férias e incorporam em seus móveis estão entre os desenhos favoritos de Potter: Mãos de anjos esculpidas trazidas do México foram montadas na madeira à vista da lareira, e uma velha madeira entalhada de Jerusalém integrada a uma porta frontal.

"Pense com uma perspectiva diferente e não enxergue a madeira como ela era, mas como ela poderia ser", diz ela.

A reutilização de madeira também tem um impacto ambiental. A pessoa salva a madeira do descarte, o que é um exemplo prático do pensamento verde.

"Quase toda madeira antiga vale a pena ser recuperada", diz Milbourn. "Porém, muito frequentemente, esses materiais acabam sendo jogados no lixo diariamente. Esperamos que mais pessoas possam descobri-los como um recurso renovável.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível