Tratamentos e consequências da rabdomiólise

Escrito por m. gideon hoyle | Traduzido por erick vasconcelos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

A rabdomiólise é uma doença complexa que pode levar a danos graves ou à falência total dos rins. Ela afeta mais ou menos 1 em cada 10.000 americanos e é responsável por até 15% de todos os casos de falência renal aguda. Embora a recuperação da rabdomiólise possa ser completa, as chances de sucesso dependem de diagnóstico e tratamento rápidos.

Outras pessoas estão lendo

Entendendo a doença

As circunstâncias que levam à rabdomiólise começam quando um músculo esquelético lesionado libera um pigmento proteico chamado mioglobina no sangue. Quando passa do sangue para os rins, a mioglobina se quebra em compostos que bloqueiam as estruturas internas dos rins e causam dano progressivo. Além da mioglobina, danos aos músculos esqueléticos podem também liberar um grande volume de fluidos na corrente sanguínea, levando a choques e até a mais problemas renais.

A necessidade de tratamento rápido

Os sintomas da rabdomiólise incluem fraqueza, urina escura ou vermelha, irritação muscular, dor e rigidez no corpo. Se você tiver algum desses sintomas, contate seu médico, já que o diagnóstico rápido é necessário. Um atraso no tratamento pode aumentar a extensão dos danos aos rins. Em casos extremos, a rabdomiólise leva à morte por falência total dos rins.

Se você está doente, é grande a chance de que já esteja em uma crise séria de saúde, seja por lesões físicas traumáticas, overdose de drogas, choque térmico ou outras causas. Embora o tratamento para a crise inicial deva continuar, o tratamento ativo da rabdomiólise é igualmente importante para garantir sua sobrevivência.

Foco do tratamento

O foco principal do tratamento deve ser o aumento dos níveis de fluidos no corpo. Para retirar a mioglobina dos seus rins, você pode ter que tomar uma quantidade de líquidos equivalente à de pessoas com severas queimaduras. Tipicamente, um intravenoso (IV) é usado para esse fim. Junto com a ingestão de fluidos, seu médico também tentará se certificar de que sua urina tenha níveis adequados de mioglobina e, para isso, ele pode passar diuréticos.

Potenciais complicações e prognósticos

Grande parte do tratamento médico envolve a proteção do paciente contra certas complicações comuns, dentre as quais estão a hipercalemia, que ocorre quando há muito potássio na corrente sanguínea. Normalmente, o excesso de potássio é filtrado pelos rins, mas isso pode se tornar difícil ou até impossível com a rabdomiólise. A hipercalemia pode levar a ataques cardíacos e seu médico deve estar atento a irregularidades no pulso. A rabdomiólise também pode levar à hipocalcemia (falta de cálcio no sangue), que pode levar a convulsões, espasmos e ritmo acelerado do coração.

A complicação mais grave da rabdomiólise é a falência renal. Se seus rins começarem a falhar, seu médico deve prescrever diálise para substituir os rins temporariamente. Com frequência isso é suficiente para salvar o paciente de uma crise curta e permitir que o corpo se recupere dos danos musculares. Se esse e outros tratamentos forem bem-sucedidos, as chances de recuperação são excelentes. Se, porém, os rins tiverem danos permanentes, talvez você precise de tratamento de diálise de longo prazo. Nesses poucos casos onde há falência renal, pode ser necessário transplante de rim para recobrar a boa saúde.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível