Como tratar a paralisia das cordas vocais

Escrito por ehow contributor | Traduzido por marina villar
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como tratar a paralisia das cordas vocais
Trate a paralisia das cordas vocais

A paralisia das cordas vocais tem uma grande gama de causas, severidades e tratamentos. Pode sumir sozinha, responder a algumas sessões de terapia ou requerer cirurgia. É vital não ignorar o início repentino dos sintomas, uma vez que o indivíduo pode não lembar de nenhum trauma na cabeça ou pescoço, ou pode não ter nenhuma causa discernível. Obter tratamento é importante e, com sorte, não muito difícil.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

    Trate a paralisia das cordas vocais

  1. 1

    Procure ajuda médica quando tiver sintomas como enfraquecimento repentino da voz ou redução do tom, soprosidade, um som de rouquidão ou gargarejo na voz, dificuldade de engolir (frequentes engasgos ou aspiração do alimento) e encurtamento da respiração.

  2. 2

    Deixe o médico verificar a extensão da paralisia. É comum apenas uma das cordas vocais (também chamadas de pregas vocais) serem afetadas (unilateral).

  3. 3

    Comece com uma forma menos invasiva de tratar sua paralisia da corda vocal a não ser que o médico recomende o contrário. Isso seria uma terapia de voz, exercícios de respiração, estratégias de controle do tom e volume, e posicionamento da cabeça e pescoço para um som vocal otimizado.

  4. 4

    Visite seu médico novamente se os sintomas continuarem. Não deixe isso de lado.

  5. 5

    Pegue detalhes com seu médico do que será feito exatamente, porque e quais serão os efeitos. Para tratar a paralisia unilateral, a cirurgia geralmente envolve mover a corda vocal inativa para mair perto da corda vocal ativa, ou fortalecer a corda paralisada com injeções de colágeno ou outra substância.

  6. 6

    Mantenha um registro de sintomas sérios como engasgo, bloqueio das vias respiratórias ou repetidas aspirações de alimento ou líquido. Ligue para o médico imediatamente se algum desses ocorrer. Isso pode indicar paralisia dupla, que pode por a vida em perigo.

  7. 7

    Confie em seu médico. Ele pode ter que fazer uma traqueotomia para permitir a saída do ar para a traqueia (canal de vento). Isso requer o uso de um tubo por uma abertura no pescoço, ao invés da boca.

  8. 8

    Faça terapia de fala depois da cirurgia para melhorar sua respiração, produção de voz e para aprender novos hábitos vocais.

Dicas & Advertências

  • Alguns casos de paralisia das cordas vocais somem sozinhas dentro de um ano ou mais. Por essa rezão o médico não tratará a enfermidade com cirurgia ou outra medida invasiva até ter certeza de que é necessário. A paralisia afeta a abertura das cordas vocais por onde você respira. Se um lado está paralisado, os problemas para respirar serão mínimos. Se a paralisia for dos dois lados, o espaço pode fechar, requerendo uma cirurgia radical.
  • Siga o conselho do seu médico. A cirurgia necessária para a paralisia de ambas cordas vocais, uma traqueotomia, é desagradável e requer uma mudança no estilo de vida, mas sem isso você engasgaria até a morte.
  • Se você tem aspirado alimentos ou líquidos para os pulmões, o cirurgião pode precisar tratar uma possível pneumonia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível