Mais
×

Como tratar o refluxo laringofaríngeo em adultos

Atualizado em 17 abril, 2017

O refluxo laringofaríngeo é um tipo destrutivo de refluxo ácido que afeta a faringe (garganta), a laringe e o esôfago. Essa doença, muitas vezes, não tem os sintomas presentes em outros refluxos, como a queimação. Por isso, ela também é chamada de refluxo silencioso. A fim de lidar com a doença, você deve evitar qualquer dano futuro causado pelo ácido e curar os já feitos.

Instruções

Tratamentos para o refluxo silencioso (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)
  1. Deixe os maus hábitos de lado. Nicotina e cafeína estimulam a produção de ácido no estômago, causando o seu excesso, o que, por sua vez, pode causar refluxo. O álcool também aumenta o ácido estomacal, ao mesmo tempo que relaxa o esfincter que fecha o esôfago, permitindo a entrada do ácido facilmente.

  2. Perca peso. Estar acima do peso coloca pressão no estômago, o que comprime o ácido em direção ao esôfago.

  3. Mude sua dieta. Alimentos desempenham um papel importante no refluxo. Alimentos como frutas cítricas, tomates e chocolate aumentam a produção de ácido no estômago. Carboidratos complexos absorvem ácido, fazendo deles o melhor tipo de alimento para reduzir o refluxo.

  4. Mude os horários de alimentação. Coma cinco ou seis pequenas refeições por dia ao invés de três grandes. Pequenas quantidades de comida precisam de menos ácido para a digestão.

  5. Tome inibidores da bomba de protões. Esses remédios fecham as bombas de ácido no estômago, evitando que causem mais problemas. Como esses fármacos funcionam por um longo período de tempo, o esôfago tem tempo de se recuperar. Os médicos, muitas vezes, prescrevem esses inibidores para tratar o refluxo silencioso, de modo que podem aumentar a dosagem em tratamentos mais agressivos.

bibliography-icon icon for annotation tool Cite this Article