Vermelhidão nas pálpebras

Escrito por travis sharpe | Traduzido por rodrigo gammaro alves nunes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Vermelhidão nas pálpebras
Suas pálpebras estão vermelhas e doloridas? (Eye image by mohamed salah eldin said from Fotolia.com)

As pálpebras podem ficar avermelhadas por muitas razões. Quaisquer dessas causas indicam infecção ou inflamação do tecido. Quando a vermelhidão ocorre, geralmente há também irritação e dor. Quatro das mais comuns possibilidades são: blefarite, meibomite, hordéolo (terçol) ou celulite. Elas podem ser muito irritantes, e uma delas pode ser ameaçadora à visão.

Outras pessoas estão lendo

Blefarite

De acordo com a American Optometric Association, a blefarite é uma doença que inflama as pálpebras. Elas ficam vermelhas e irritadas e desenvolvem flocos de matéria que se acumulam nos cílios. Isso é contagioso. A condição é causada pela superpopulação de uma bactéria que é comum em nosso corpo. A blefarite pode ser tratada com uma vasta quantidade de medicamentos, tais como lavar os cílios com xampu para bebês ou algum produto de higiene dos olhos normalmente comercializado. Essa inflamação ocular também é combatida com colírios antibióticos, pomadas e comprimidos que estão disponíveis apenas sob prescrição médica.

Meibomite

A Optometric Management descreve a meibomite como uma doença que afeta as glândulas oleosas dos cílios, causando desidratação nos olhos. Essas glândulas secretam óleo para manter uma camada úmida sobre os mesmos. Se a produção de óleo for comprometida, as glândulas ficarão entupidas. Isso causa o inchamento e a irritação das pálpebras, assim como a desidratação ocular. A meibomite pode ser causada por vários fatores: mudanças hormonais, medicações e blefarite. O tratamento pode incluir inúmeros medicamentos como compressas quentes, óleo de peixe ou suplemento de óleo de sementes de linho, ou prescrição para medicamentos como antibióticos orais.

Hordéolo

O hordéolo também é conhecido como "terçol". De acordo com a Mayo Clinic, o hordéolo é uma glândula oleosa inflamada na pálpebra. Ele aparecerá com uma espinha e terá uma ponta branca na borda perto dos folículos dos cílios. Isso pode ser extremamente doloroso. Os hordéolos são geralmente causados por má higiene da área ou durante o desenvolvimento de uma blefarite ou meibomite. Entretanto, podem se desenvolver também na ausência dessas outras doenças e mesmo com boa higiene. Ele é geralmente tratado com compressas quentes e massagem digital. O terçol pode necessitar ser drenado por um optometrista ou oftalmologista. Geralmente prescreve-se uma pomada antibiótica e às vezes antibióticos em comprimido para tratar a infecção. Um hordéolo não tratado pode se desenvolver em uma celulite.

Celulite

A clínica Mayo descreve a celulite como uma infecção potencialmente perigosa da pele que é causada por bactérias. Quando na pálpebra, é chamada de celulite pré-septal. Essa doença pode começar com vermelhidão, mas logo se transforma e ganha uma aparência de olho roxo. Ela pode se desenvolver a partir da entrada de bactérias por uma abertura na pele. Um hordéolo não tratado é um exemplo perfeito. A celulite pré-septal não tratada pode desenvolver celulite orbital. Isso pode causar a perda de um olho. O tratamento para celulite pré-septal envolve o uso de comprimidos antibióticos poderosos, e às vezes a adição de pomada antibiótica.

Conclus'ao

Uma vermelhidão nas pálpebras pode ter muitas causas. Muitas delas não são mais que meras inconveniências. Algumas podem se transformar em problemas mais sérios e outras representam uma situação imediatamente grave. Se alguém tiver vermelhidão persistente, deve consultar um optometrista ou oftalmologista para diagnóstico e tratamento apropriados.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível