10 coisas para não fazer no primeiro encontro

••• Rayes/Photodisc/Getty Images

Depois de muito esforço, trabalho e um tantinho de sorte, você finalmente conseguiu marcar o primeiro encontro com aquela pessoa da qual você não consegue tirar os olhos há tempos. Muito bem. Agora você sabe o que fazer, não é mesmo? Mas o mais importante é saber o que NÃO fazer. Confira as dez atitudes que você não deve tomar no primeiro encontro, senão é bola fora na certa.

Overview

Rayes/Photodisc/Getty Images

Depois de muito esforço, trabalho e um tantinho de sorte, você finalmente conseguiu marcar o primeiro encontro com aquela pessoa da qual você não consegue tirar os olhos há tempos. Muito bem. Agora você sabe o que fazer, não é mesmo? Mas o mais importante é saber o que NÃO fazer. Confira as dez atitudes que você não deve tomar no primeiro encontro, senão é bola fora na certa.

Valorizar o ego

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Mesmo que a vontade seja quase incontrolável (e ela geralmente é) de se valorizar para a outra pessoa, o melhor é controlar o egocentrismo. Falar demais dos próprios interesses, vontades, trabalho e vida pessoal costuma ser chato e cansativo. Ninguém gosta de conversar com quem se gaba a toda hora sobre o último prêmio recebido ou das eventuais habilidades gastronômicas. Se o seu objetivo é receber elogios, melhor esperar que eles venham de forma natural, com o tempo. No amor, o ego fica de fora.

Falar de casos antigos

Goodshoot/Goodshoot/Getty Images

Pouca coisa pode ser pior do que sair com uma pessoa que gosta de comentar sobre ex-namorados(as). Para o(a) futuro(a) candidato(a) não é interessante saber como era sua vida com outra pessoa. É extremamente desagradável dar o primeiro passo em um novo relacionamento sabendo dos casos antigos. Essa é uma das principais atitudes que afastam o(a) novo(a) pretendente.

Tratar de assuntos íntimos

George Doyle/Stockbyte/Getty Images

Por definição, o primeiro encontro é uma oportunidade para iniciar um relacionamento que pode se desenvolver. Por isso, o caminho das conversas costuma ser mais superficial, com assuntos leves e bem-humorados. Quando a conversa entra por um caminho delicado da vida pessoal, eventualmente por alguma lembrança triste ou íntima, o primeiro encontro pode não acabar bem.

Demonstrar segundas intenções

Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images

Em muitos casos, o primeiro encontro é seguido por segundas intenções. Para os mais atirados – homens e mulheres – a regra é uma só: cuidado. É importante não dar um passo maior do que a perna. Nada de pressionar a pessoa para que algo mais aconteça. O primeiro encontro pressupõe que outros virão. Por isso, nada deve ser precipitado. Tudo deve ser o mais natural possível. Preste atenção e sinta o clima para não avançar o sinal na hora errada.

Discutir na hora de pagar a conta

Jupiterimages/liquidlibrary/Getty Images

No mundo de hoje, não há mais uma definição sobre quem deve pagar a conta. Algumas mulheres preferem que os homens paguem sempre, outras fazem questão de dividir e podem até se ofender se o rapaz insistir. Independentemente de qual for o caso, o fundamental é manter a delicadeza e evitar que isso se torne motivo de briga e discussão.

Falar de casamento

Comstock/Comstock/Getty Images

Procure não deixar muito claro que você está buscando um relacionamento mais sério e duradouro. E, principalmente, nada de falar sobre casamento. A ideia de um compromisso tão grande, na maioria das vezes, pode assustar tanto homens quanto mulheres no primeiro encontro. Mesmo se você estiver doido(a) para se casar, ainda não há intimidade suficiente para discutir sobre o futuro. Evite também comentários relacionados a ter filhos.

Começar um monólogo

Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

No primeiro encontro, ambos devem falar e ouvir na mesma intensidade. É preciso que haja certo equilíbrio. É muito desagradável quando um fala mais do que o outro, sobretudo se o papo fica focado em apenas uma pessoa por muito tempo. Bom mesmo é falar apenas o necessário e dar espaço para que o outro também possa falar. Dessa forma, o encontro fica muito mais gostoso.

Olhar para outras pessoas

Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

Se você está em um primeiro encontro é porque há interesse, ou ao menos vontade de conhecer a outra pessoa. Então, não desperdice tudo dando aquelas olhadelas fatais para homens e mulheres ao redor. Comentar sobre a beleza alheia então, nem se fala. Se você está interessado na relação que está prestes a começar, é melhor guardar qualquer comentário sobre a aparência alheia exclusivamente para você.

Ser insistente

Comstock/Comstock/Getty Images

Como já deve saber, chatice e primeiro encontro não combinam. E não há nada mais chato do que pessoa insistente. Para o primeiro encontro (e os outros, se houver), o fundamental é ser delicado, sensível com a outra pessoa. Então, nada de ficar insistindo na data do segundo encontro, muito menos ficar mandando mensagens de cinco em cinco minutos no celular de seu pretendente. Calma e paciência são fundamentais.

Dizer "Eu Te Amo"

Ablestock.com/AbleStock.com/Getty Images

O primeiro encontro é um momento para estudar as personalidades um do outro e conhecer um pouco melhor a pessoa. Então, nada de se apressar. Não há espaço para um “eu te amo” dito de qualquer jeito e, provavelmente, com intenções escusas. Isso só acontece nos filmes de Hollywood. Na vida real, o amor é construído passo a passo, com o tempo. O ditado é velho, mas sempre vale: devagar e sempre.

Mais recentes

×