Como calcular pratos teóricos

•••

A cromatografia é um método de separação de substâncias. É implementado com a utilização de um tubo estreito (coluna) repleto de um material específico. Uma mistura de compostos é forçada pela coluna utilizando pressão. Cada composto deixa a coluna durante determinados intervalos, representando graficamente um pico em um cromatograma. A posição do pico máximo, intitulada de tempo de retenção, é específica para cada composto. O desempenho das colunas cromatográficas é expresso como um número de pratos teóricos. Um prato teórico é uma camada imaginária dentro de uma coluna que ajuda a interpretar o processo de separação. Um número maior de pratos teóricos corresponde a uma melhor eficácia da coluna.

Passo 1

Obtenha o gráfico de um cromatograma da sua coluna cromatográfica.

Passo 2

Trace uma linha vertical do pico máximo até a linha de base.

Passo 3

Meça o comprimento dessa linha e divida-a por 2 para localizar seu centro. Nessas etapas, registre todas as medições em milímetros (mm).

Passo 4

Trace uma reta que atravesse o centro da linha, paralelamente ao eixo horizontal.

Passo 5

Meça o comprimento da linha do Passo 4 para obter a largura do pico a meia altura. Por exemplo, a largura do pico é de 12 mm.

Passo 6

Meça a distância de 0 ao pico máximo para obter o tempo de retenção. Por exemplo, o tempo de retenção é de 650 mm. Perceba que o tempo de retenção costuma ser expresso em minutos, mas também é proporcional ao comprimento medido.

Passo 7

Divida o tempo de retenção pela largura do pico e eleve o coeficiente ao quadrado. Em seguida, multiplique o resultado por 5,55 para calcular o número de pratos teóricos:

Número de pratos teóricos = 5,55 * (Tempo de retenção / Largura do pico)^2

Em nosso exemplo, seria 5,55 * (650 mm / 12 mm)^2 = 16.284 pratos teóricos. O resultado é arredondado para o número inteiro.

Mais recentes

×