×
Loading ...

Diferença entre gestão da cadeia de suprimentos e gestão logística

Muitos empresários não compreendem a diferença entre a gestão da cadeia de suprimentos e a gestão logística. O modelo da cadeia de suprimentos surge através de tendências de re-engenharia que veem a empresa como um ciclo composto por processos e não por funções. O modelo de logística é uma parte do modelo da cadeia de suprimentos. No entanto, também pode atuar de forma independente (dependendo do modelo corporativo).

O sucesso da sua empresa depende da forma como você gerencia sua logística e a cadeia de suprimentos (Jupiterimages/Brand X Pictures/Getty Images)

Escopo logístico

O modelo de logística abrange um segmento da cadeia de suprimentos e sua gestão tem funções específicas. O gerente de logística é responsável pelo planejamento, desenvolvimento e controle do fluxo de produtos completos, e também supervisiona a entrega dos itens aos clientes e a recepção de devoluções, bem como a organização do armazém e a unidade de controle. As tarefas de um gerente de logística incluem a gestão de pessoal através de colaboração direta com o departamento de RH.

Loading...

Escopo da cadeia de suprimentos

O modelo da cadeia de suprimentos é baseado em um escopo mais amplo. Nesse ciclo corporativo, o gerenciamento otimiza todo o processo através do desenvolvimento e do controle de planejamento, fornecimento, programação de fabricação, armazenagem e distribuição. O objetivo do gerente da cadeia de suprimentos é alcançar a máxima eficiência através da coordenação de cada uma das etapas que compõem o ciclo. A redução de custos, os retornos mínimos e a distribuição eficaz fazem parte do complexo conjunto de funções que devem ser vistas como um todo.

O segundo nível

A relação entre os clientes e os fornecedores mudou com o novo modelo de cadeia de suprimentos. Para alcançar realmente a eficácia, o gerente deve alcançar um segundo nível de controle. Isso significa que ele precisa coordenar cada passo e ter a chance de controlar o fluxo do processo corretamente, já que não pode limitar o seu campo de ação apenas sobre os clientes e os fornecedores. Ele também deve garantir a entrega atempada e a qualidade dos seus suprimentos. Ao mesmo tempo, ainda deve garantir que seus afiliados cumpram os seus compromissos para com a sua marca, fornecendo efetivamente um serviço de qualidade para o usuário final.

Cadeia de suprimentos e tecnologia

Novas relações com clientes e fornecedores são impensáveis ​​sem uma organização precisa. Para conseguir isso, as empresas devem investir no desenvolvimento do software apropriado para satisfazer as suas necessidades. Algumas tarefas necessárias para os processos da cadeia de suprimentos incluem a troca eletrônica de documentos, os pedidos de compra e as notas fiscais. Os fornecedores devem utilizar um serviço de intranet eficaz para ordenar e controlar a entrega e atualização dos estoques.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...