×
Loading ...

Diferenças entre o sistema circulatório fechado e o aberto

Muitos animais precisam de um sistema circulatório para distribuir nutrientes e substâncias pelo corpo de uma maneira eficiente. Há dois tipos de sistemas circulatórios, o aberto e o fechado, e cada um deles possui suas vantagens e desvantagens. Embora o sistema fechado seja mais desenvolvido e permita uma distribuição mais rápida, um sistema aberto simples é o mais adequado para muitos invertebrados.

Uma rede de vasos sanguíneos (blood image by red2000 from Fotolia.com)

Funções do sistema circulatório

Um sistema circulatório consiste basicamente de sangue, coração e uma rede de vasos sanguíneos. As principais funções desse sistema são as trocas de gases, distribuição de hormônios e nutrientes, assim como a eliminação de resíduos. O coração bombeia o sangue para os órgãos e tecidos do corpo inteiro através dos vasos sanguíneos. As trocas de gases envolvem a distribuição de oxigênio pelo corpo e a eliminação do gás carbônico. O oxigênio deve ser entregue a todas as células funcionais do corpo para que elas metabolizem ou cumpram suas funções e atividades. O sangue também transporta nutrientes e anticorpos úteis para que o sistema imunológico fique saudável e responsivo.

Loading...

Sistema aberto

O sistema circulatório aberto é o mais simples. Nele, o coração bombeia o sangue para cavidades abertas, onde os vasos sanguíneos o transportam pelo corpo a pressão baixa. Há duas diferenças principais entre os sistemas aberto e fechado. Primeiro, o aberto banha todos os órgãos e tecidos com sangue. Em segundo, ele não apresenta artérias ou veias principais para aumentar a pressão sanguínea e efetuar uma distribuição direta. Animais que possuem um sistema circulatório aberto normalmente possuem muito sangue e uma pressão sanguínea baixa.

Sistema fechado

Animais grandes e ativos, como todos os vertebrados, possuem um sistema circulatório fechado. Esse sistema mais complexo inclui dois processos principais, a circulação pulmonar e sistêmica. Na pulmonar, o sangue desoxigenado passa pelos pulmões para receber oxigênio. Depois, a circulação sistêmica distribui o novo sangue oxigenado pelo corpo. Nesse sistema, o sangue é direcionado das artérias para as veias. Ao invés de banhar todos os tecidos e órgãos, o sangue permanece nos vasos e é transportado a altas pressões para todas as extremidades do corpo rapidamente.

Vantagens do sistema aberto

O sistema circulatório simples requer menos energia para a distribuição. Ele é mais adequado para animais que possuem metabolismo mais lentos e corpos menores. Devido a ausência de artérias, a pressão sanguínea permanece baixa, o que faz com que o oxigênio demore mais para chegar às células. Se um organismo possui um metabolismo baixo, significa que ele é menos ativo em processos como locomoção, digestão e respiração, exigindo menos oxigênio. Além disso, como o sangue oxigenado demora mais para atingir as extremidades do corpo, esse tipo de sistema só é possível em animais pequenos.

Vantagens do sistema fechado

O sistema fechado opera com pressões sanguíneas muito maiores. E também é mais eficiente, pois usa muito menos sangue para níveis de distribuição mais altos e rápidos. Como o sangue oxigenado pode atingir as extremidades do corpo muito mais rápido do que no aberto, os organismos que possuem esse tipo de sistema metabolizam muito mais rápido, possibilitando a locomoção, digestão e a eliminação rápida de resíduos. Além disso, devido a eficiente distribuição de anticorpos, respostas imunes são muito mais fortes, o que ajuda o corpo a lutar contra infecções de maneira mais poderosa.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...