Como diluir tinta automotiva

••• Visage/Stockbyte/Getty Images

Antes de usar uma pistola de pintura é necessário diluir a tinta. A tinta precisa passar facilmente pelo bico de pulverização da pistola para que a cor fique uniforme na superfície do automóvel. Se a tinta estiver muito grossa, você não terá um fluxo uniforme através do bico da pistola e ele vai ficar obstruído continuamente. Dilua sua tinta automotiva para obter uma consistência mais apropriada antes de usá-la, facilitando a sua aplicação.

Preparo da tinta

Passo 1

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Prepare a tinta para a diluição. Reserve a quantidade apropriada que vai precisar para seu projeto. É melhor preparar de uma única vez toda a tinta que vai precisar, assegurando, assim, que toda a tinta fique diluída de forma uniforme e da mesma maneira. Coloque-a em um recipiente plástico.

Passo 2

Comstock Images/Comstock/Getty Images

Encha o pulverizador com solvente, produto este vendido em qualquer loja de ferragens. Você vai precisar escolher o solvente apropriado para misturar com o tipo de tinta automotiva que vai usar. Os componentes da tinta definirão o tipo de solvente que você vai precisar. Siga as orientações no rótulo da embalagem do solvente para escolher um que seja apropriado para a marca de tinta escolhida. Aplicar o solvente usando um pulverizador vai facilitar o manuseio e diminuir as chances de adicionar solvente em demasia e arruinar a tinta.

Passo 3

PhotoObjects.net/PhotoObjects.net/Getty Images

Faça a combinação do solvente com a tinta automotiva. Não existe uma proporção exata entre solvente e tinta. Essa proporção varia bastante, dependendo das marcas e até mesmo das cores. É melhor seguir as determinações do fabricante para um cálculo aproximado. Para melhores resultados, borrife o solvente na tinta algumas vezes enquanto mistura com uma vareta. Isso vai permitir que monitore a consistência da tinta durante o processo, ao invés de tentar adivinhar a quantidade que vai precisar.

Passo 4

Visage/Stockbyte/Getty Images

Misture o solvente na tinta. Uma vez conseguida a consistência apropriada, mexa muito bem a mistura. Para testar a consistência, pegue o recipiente de tinta e incline-o gentilmente de um lado para o outro. Antes de adicionar o solvente, a tinta deve ter um fluxo lento, escorrendo vagarosamente pelas laterais do recipiente quando inclinado. Uma vez atingida a consistência correta, a tinta vai escorrer na mesma velocidade da inclinação do recipiente. Tenha em mente que você não deseja que a tinta fique muito fina, o que vai se tornar evidente se o movimento da tinta for mais rápido que o movimento de inclinação do recipiente.

Mais recentes

×