Como distinguir um sapo macho de uma fêmea

••• PhotoObjects.net/PhotoObjects.net/Getty Images

A determinação do sexo dos anfíbios, um processo conhecido como sexagem, tende a ser muito difícil, pois eles não possuem órgãos sexuais externos. Nos sapos, o dimorfismo sexual (diferenças óbvias na forma, no tamanho ou na cor entre machos e fêmeas da mesma espécie) ocorre em algumas espécies, mas na maioria dos casos há pouca diferença entre os dois sexos. É mais fácil distingui-los durante a época de acasalamento, quando as diferenças entre os sexos estão mais aparentes.

Passo 1

Identifique o sapo usando uma chave de identificação ou um guia de campo de anfíbios. Espécies diferentes apresentam características sexuais distintas, e é importante conhecer a espécie de sapo cujo sexo você está tentando determinar antes de tirar conclusões.

Passo 2

Ouça o coaxar do sapo. Na maioria das espécies, apenas os machos coaxam, embora isso não se aplique a todas elas.

Passo 3

Compare o tamanho dos sapos, caso mais de um adulto da mesma espécie esteja presente. As fêmeas tendem a ser maiores e mais redondas, enquanto os machos geralmente são menores e mais angulares.

Passo 4

Procure por "almofadas nupciais" na parte de baixo dos dedos dos sapos, que são encontradas em machos e os ajudam a agarrar a fêmea com firmeza durante o acasalamento. As almofadas nupciais geralmente são manchas escurecidas e de textura áspera.

Passo 5

Compare o tamanho das almofadas dos dedos dos sapos. Os machos de muitas espécies têm almofadas maiores quando comparadas às das fêmeas.

Passo 6

Use o seu guia de campo para determinar quaisquer características físicas adicionais que possam ser diferentes entre os sexos da espécie em questão. Por exemplo, alguns sapos podem apresentar diferenças de cor em seus sacos vocais, e muitos sapos-bois e rãs podem ser distinguidos pelo tímpano (membrana timpânica) dos machos e das fêmeas.

Mais recentes

×