Efeitos colaterais do médicamento Tramadol em cachorros

Fique atento a possíveis efeitos colaterais da medicação

Dog image by yellowj from Fotolia.com

O medicamento Tramadol é um analgésico dado a cachorros para aliviar dores que variam do grau moderado ao severo logo após uma cirurgia, ou para dores crônicas como câncer e artrite. Ele é bem tolerado pela maioria dos cães e não causa problemas nos rins ou fígado do animal, como é comum em outras drogas com essa finalidade. No entanto, esse é um analgésico potente e os donos dos cães devem ser alertados de seus possíveis efeitos colaterais.

Função

Dores pontuais ou crônicas podem ser tratadas com Tramadol

dog image by Peter Toth from Fotolia.com

O Tramadol preenche a lacuna entre os medicamentos anti-inflamatórios não esteroides comuns e os remédios extremamente fortes à base de ópio, como o Fentanyl. A medicação bloqueia alguns dos receptores do cérebro e, embora seja classificada como narcótico, o efeito de sedação causado por ela costuma ser brando e não é considerado viciante. O remédio que deve ser tomado de duas a três vezes por dia, pode ser usado para dores pontuais ou para dores crônicas de duração indeterminada.

Efeitos colaterais brandos

A medicação pode causar sonolência

Dog on Dog Bed image by Janet Wall from Fotolia.com

O animal pode sentir efeitos colaterais fracos nos primeiros três dias de medicação. Isso pode incluir indisposição estomacal e perda momentânea de apetite. O Tramadol costuma causar sonolência, por isso, não se assuste caso veja seu cachorro dormindo mais do que o de costume. Para alguns, o remédio causa ansiedade e as pupilas tendem a dilatar. A constipação por conta do uso do Tramadol pode ocorrer ocasionalmente, de acordo com especialistas.

Lidando com os efeitos colaterais

Deixe o cachorro dormir o quanto quiser, mas faça com que ele beba água

Collie Dog on Dog Bed image by Janet Wall from Fotolia.com

Caso o veterinário tenha prescrito o Tramadol para dor pós-operatória, deixe o cachorro dormir tanto quanto quiser. Certifique-se que ele tenha um local confortável para dormir e recuperar-se rapidamente. Não se preocupe caso ele recuse uma ou duas refeições, mas tente fazer com que ele beba um pouco de água. Colocar a água em uma vasilha com cheiro de carne pode persuadi-lo a beber. Garantir que seu cão esteja bem hidratado fará com que ele tenha menos chance de adoecer.

Potenciais efeitos colaterais graves

Caso seu cachorro fique extremamente agitado ou passe a agir de forma muito incomum, ligue rapidamente para o veterinário. Outro motivo para buscar ajuda rapidamente é caso o animal tenha convulsões ou se ele ficar encolhido e com o olhar vago. As reações alérgicas podem incluir soluços e coceiras intensas, diarreia repentina, vômito ou estado vegetativo. Considere todas elas como uma emergência veterinária e vá rapidamente para a clínica.

Interações medicamentosas

Efeitos colaterais graves são muito raros

dog image by Michal Tudek from Fotolia.com

O Tramadol pode ser ministrado com segurança junto com muitas outras drogas, incluindo anti-inflamatórios não esteroides e a maioria dos suplementos para controle de dores nas articulações. No entanto, ele não pode ser usado em conjunto com o Deprenyl ou quaisquer outros antidepressivos caninos. Quando ministrado em conjunto com o Amitraz (remédio antipulgas), o efeito sedativo pode ser ampliado. Informe ao veterinário sobre qualquer outro remédio que seu cachorro esteja tomando, incluindo medicamentos sem prescrição médica.

×