×
Loading ...

Exemplos de mariscos

Os mariscos são um item culinário que denotam espécies comestíveis de invertebrados marinhos cobertos por um exoesqueleto. Os tipos de mariscos incluem bivalves, crustáceos e equinodermos; eles podem ser encontrados em água doce, assim como no oceano. O mercado para as muitas variedades de mariscos, como vieiras e mexilhões, continua a crescer e, com a alta demanda, a indústria de cultivo de mariscos cresce rapidamente.

As ostras são famosas por suas pérolas naturais (Thomas Northcut/Digital Vision/Getty Images)

Mexilhões

Os mexilhões compõem uma família de mariscos que contém mais de 250 espécies diferentes. Eles são encontrados em regiões baixas ou médias das marés e são frequentemente encontrados em tapetes grossos, chamados de camas de mexilhões. Exemplos de espécies incluem os mexilhões azuis, ou Mytilus edulis, que são cuidadosamente cultivados para a sustentabilidade, e o mexilhão da Califórnia, Mytilus californianus, que chega a mais de 17 cm de comprimento.

Loading...

Moluscos

Há mais de 2000 espécies de moluscos e algumas delas são cultivadas comercialmente para o consumo. Os moluscos comestíveis normalmente possuem duas variedades, identificadas pela dureza da concha: moluscos de conchas macias, também conhecidos como Ipswich, possuem conchas mais finas e mais quebradiças, enquanto os de concha mais dura têm cascas mais espessas. Moluscos de concha macia, com o nome científico de Mya arenaria, são encontrados em lamas entre as marés e são um dos tipos mais típicos de moluscos usados na culinária. Os de conchas duras são mais tolerantes em condições salinas e são encontrados em uma profundidade maior do que os Ipswich. Exemplos desse tipo de molusco incluem o Quahog, que é usado em sopas, cherry stone, que é comido cru ou feito no vapor e o geoduck, que é usado em sashimi ou frito rapidamente.

Vieiras

As vieiras são um tipo de marisco que tem um gosto mais similar ao de peixe. A parte mais consumida é o músculo abdutor, que abra e fecha a concha. Exemplos de vieiras incluem as vieiras do mar, uma espécie grande e a mais comum encontrada na costa Norte Americana; a vieira espinhosa, que é encontrada na costa pacífica dos Estados Unidos e é um pouco maior do que a vieira do mar; a vieira chita, que é uma espécie pequena encontrada no Golfo do México; e vieiras da baía, que são as menores espécies Norte Americanas e mais raras do que as outras três, portanto, tendo um preço maior.

Ostras

Pensa-se que as ostras se originaram durante o Período Triássico, aproximadamente 200 milhões de anos atrás, de acordo com o site thenibble.com. Embora existam muitas espécies de ostras, apenas três são cultivadas primariamente nos Estados Unidos e consumidas em grande quantidades. A ostra Kunamoto é de origem japonesa. A ostra pacífica ou japonesa também se origina no Japão e se tornou a espécie mais amplamente cultivada de ostras no mundo. Finalmente, a ostra Virgínia é encontrada no estado da Nova Escócia, nos Estados Unidos, e vai até a América do Sul, tendo sua carne salgada e doce.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...