Explicação do fundo fiduciário

••• an old gold mining town image by Tom Oliveira from Fotolia.com

Você deve conhecer o conceito de ganhar renda do mercado de ações, onde você investe o seu dinheiro na empresa ou nos empreendimentos imobiliários de outra pessoa e recebe um pouco em troca. O fundo fiduciário permite que você aproveite os benefícios das suas propriedades e recursos naturais de maneira controlada que limita os seus gastos com os impostos para o governo federal, enquanto lhe fornece um fluxo de renda estável.

Definição

Um fundo fiduciário é o resultado de um acordo formal legal entre você e uma autoridade de supervisão, que você escolhe, para gerenciar os seus imóveis ou outros bens de propriedades. Essa pessoa ou grupo de pessoas conhecidos como "fundo" devem conhecer as leis e a regras em relação a esse tipo de acordo. Um agente fiduciário geralmente possui conhecimento e experiência em contabilidade. O "fundo" é responsável por gerenciar a sua propriedade e garantir que você receba um mínimo de 90% do retorno do seu investimento todo mês, trimestre ou anualmente, como dividendos de ações são pagos. Os 10% restantes ou menos são usados para pagar os custos do gerenciamento do fundo e dirigir as questões legais e de propriedade e as responsabilidades relacionadas a isso.

Tipos

Os fundos fiduciários incluem propriedades que geraram a sua receita. Pode ser imóveis, que é um dos fundos fiduciários mais comuns, de acordo com o Investopedia. A definição de imóveis engloba desde casas ou apartamentos alugados a shoppings centers, hotéis ou até prédios empresariais. Esse tipo de fundo é conhecido como REIT (do inglês, Fundo de Investimento Imobiliário). Outro item popular para fundos fiduciários são os recursos naturais. A sua família pode ter uma mina ou um recurso natural mineral, por exemplo. A renda gerada por esse tipo de propriedade pode ser colocada em um fundo fiduciário, onde pode ser dividida igualmente entre os membros da família, sendo que a carga tributária não cai sobre só uma pessoa.

Significado

O Código de Receita Interno tem condições que devem ser cumpridas para um fundo fiduciário ser qualificado como REIT. Isso inclui uma solicitação que um mínimo de 75% da renda bruta gerada pelo REIT deve vir de investimentos imobiliários ou hipotecas imobiliárias. Além disso, o valor patrimonial total da propriedade no fundo fiduciário deve ser reinvestido em imóveis e não em uma outra renda que gere propriedades como recursos naturais. Entretanto, você não precisa ter um fundo fiduciário de propriedade. Se você não consegue garantir 75% de renda bruta apenas do imóvel, por exemplo, você ainda pode ter um fundo fiduciário utilizando recursos naturais.

Benefícios

Os fundos fiduciários oferecem aos investidores a oportunidade de receber um fluxo de caixa estável. Esses tipos de fundos também ajudam os donos de propriedades a evitarem a carga tributária dupla do governo federal. Em vez de pagar os impostos sobre propriedades ou recursos que mostram um lucro no fim do ano e, então, paga-se o imposto sobre a renda recebida desse lucro, quem escolhe um fundo fiduciário paga os impostos apenas uma vez.

Mais recentes

×