Como as lagostas obtém oxigênio?

••• MyDreamDesigns.com

Como os seres humanos, as lagostas também necessitam de oxigênio para viver. Eles obtêm o oxigênio da água do mar em que vivem. A quantidade de oxigênio que consomem depende da temperatura da água. Quando ela aumenta, o mesmo acontece com seu consumo de oxigênio. Curiosamente, a quantidade de oxigênio dentro da água do mar diminui à medida que a temperatura sobe. Assim, o consumo ótimo de oxigênio ocorre quando a temperatura da água está entre 5 e 10 º C.

As lagostas precisam de oxigênio

Como os seres humanos, as lagostas também necessitam de oxigênio para viver. Eles obtêm o oxigênio da água do mar em que vivem. A quantidade de oxigênio que consomem depende da temperatura da água. Quando ela aumenta, o mesmo acontece com seu consumo de oxigênio. Curiosamente, a quantidade de oxigênio dentro da água do mar diminui à medida que a temperatura sobe. Assim, o consumo ótimo de oxigênio ocorre quando a temperatura da água está entre 5 e 10 º C.

Lagostas e brânquias

As lagostas usam brânquias para respirar. Suas guelras são órgãos em formato de penugem, cheios de sangue, que extraem o oxigênio da água. As brânquias se localizam na base das pernas da lagosta. O sangue vai das guelras até as outras partes do corpo, fornecendo oxigênio ao longo do caminho. Para manter um suprimento constante do gás, as brânquias fazem a água circular nas lagostas da mesma forma que o nosso sistema respiratório faz.

Viver fora da água

As lagostas só podem sobreviver fora da água por cerca de um a dois dias. Devido ao fato de necessitarem de grandes quantidades de umidade, elas devem ser embaladas em gelo. No entanto, este ambiente não é ideal para lagostas. Elas só sobrevivem por longos períodos na água do mar.

Mais recentes

×