×
Loading ...

Lista de tipos de roedores

Quando as pessoas pensam em roedores, os ratos são o que normalmente vem à mente. No entanto, existem mais de 2.000 espécies de roedores. A maneira mais fácil de identificar esses tipos é pelas subordens, como sciuromorpha (esquilos), myomorpha (ratos), hystricomorpha (porcos-espinho) e castorimorpha (castores). Esses quatro tipos de roedores são classificados de acordo com o sistema esquelético, especificamente em relação à formação da maxila e os dentes.

Um roedor comum, os ratos podem ser tanto uma praga quanto um animal de estimação (rats image by Oleg Sviridov from Fotolia.com)

Sciuromorpha

Os roedores da subordem sciuromorpha são caracterizados pela forma do seu canal infraorbital, situado na maxila, ou mandíbula superior. A Lewis-Clark State College afirma que nesse tipo de roedor, o músculo masseter medial, que auxilia roedores a mastigarem os alimentos, não passa pelo canal infraorbital, ao contrário do que acontece em outros animais. Em vez disso, o masseter medial está ligado ao rostro, ou focinho. Mais de 300 espécies desse tipo existem no mundo, de acordo com o Bio Kids. Esses roedores incluem esquilos, tâmias, cães de pradaria e marmotas. Eles podem ser onívoros, comendo plantas e animais, ou herbívoros, comendo apenas plantas.

Loading...
Os sciuromorpha são roedores parecidos com esquilos, como as marmotas (wild marmot image by Melissa Schalke from Fotolia.com)

Myomorpha

A maioria dos roedores pertencem à subordem myomorpha, que contém mais de 1.500 espécies, o que representa 38% de todos os mamíferos, de acordo com Bio Kids. Esse grupo inclui ratos, hamsters, gerbos e lêmingues. Eles são identificados por sua mandíbula e estrutura dos dentes. Os músculos masseter lateral e medial, utilizados na mastigação, são deslocados para a frente. Como têm suas mandíbulas e dentes salientes, eles são muito propensos a roer. O músculo masseter medial desses roedores passa através de suas órbitas, uma característica única entre os mamíferos. Eles vivem na maioria dos habitats em todo o mundo, com exceção da Nova Zelândia e Antártida.

Hamsters pertencem a maior subordem dos roedores (hamster image by Vasiliy Koval from Fotolia.com)

Hystricomorpha

Encontrados na América do Sul, América do Norte, África e Ásia, roedores hystricomorpha incluem mais de 230 espécies, segundo o Bio Kids. Grandes roedores como capivaras e porcos-espinhos estão incluídos nesse tipo. Outros incluem porquinhos-da-índia, pacas, ratos-toupeira pelados, cutias e chinchilas. Todos esses roedores são herbívoros, comendo apenas folhas. Eles têm forames infraorbitais grandes, localizados no final do canal infraorbital no maxilar superior.

Capivaras são os maiores roedores do mundo (capybara)

Castorimorpha

Noventa e seis espécies de esquilos, castores e ratos canguru compõem a subordem castorimorpha. Encontrados em todas as América e na Europa, esses roedores comem pequenos insetos e sementes. Esquilos são roedores que vivem em túneis subterrâneos principalmente na parte ocidental da América do Norte. Ratos canguru, conhecidos por seus saltos e pés grandes, vivem em áreas secas, como desertos, onde dependem de tocas para protegê-los do sol. Mais ativos à noite, os castores norte-americanos e euroasiáticos constroem diques de lama e galhos ao longo dos rios.

Normalmente considerados bichos de estimação, esquilos podem despedaçar jardins e paisagens (gopher image by Alexander Kataytsev from Fotolia.com)
Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...